Método - Conceito, o que é, Significado

MetodoO termo método é conhecido como o conjunto de procedimentos, regras e operações previamente fixados que permitem chegar à determinada meta, fim ou conhecimento.

Também significa um conjunto de ações que uma pessoa realiza de forma mais ou menos estruturada na realização de uma tarefa.

O método está presente em várias atividades humanas, mas adquire uma relevância especial na área científica, uma vez que estabelece o passo a passo que deve ser comprovado na prática e que pode ser reproduzido mais de uma vez.

Portanto, o método científico aplicado estabelece uma enorme fonte de conhecimentos, já que os seus resultados podem ser considerados objetivos e corretos e não são susceptíveis de discussão.

O Discurso do Método é uma obra essencial para a história da filosofia, pois determina o antes e o depois na forma de entender o mundo que nos rodeia

Esta obra escrita pelo francês René Descartes, em 1637, é considerada de forma unânime como o ponto de partida de todo o pensamento filosófico moderno.

Seguindo os ensinamentos de Descartes nesta obra, as origens do método podem ser encontradas na álgebra, na geometria e na lógica, o qual determina o enfretamento direto com as teorias aristotélicas imperantes até esse momento. Descartes pretende encontrar uma série de regras fixas que servem como guia para chegar à verdade e não apenas par defender uma teoria ou tese. É por isso que o método matemático é preferido por este autor francês, uma vez que o procedimento é realizado com maior eficácia e simplicidade.

Além disso, segundo as teorias de Descartes, o método, o conhecimento e a metafísica se encontram estreitamente ligados

O conceito fundamental do conhecimento humano está refletido na geometria e se apresenta como a fusão de todos os elementos anteriores, unindo a lógica e a metafísica, assim como formando um sistema onde as verdades se entrelaçam umas com as outras.

Como ponto de partida de todas estas ideias, Descartes inicia sua abordagem com uma dúvida, não de forma cética, mas como o início de um processo investigador onde a dialética propõe um papel fundamental. O objetivo deve ser chegar à pura verdade de maneira evidente, clara e simples. A dúvida é, portanto, uma aplicação prática do método de análise cartesiano ao problema do conhecimento. E o resíduo de toda essa análise será simplesmente a verdade.

Imagem: iStock. Matej Moderc

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: