Jugo - Conceito, o que é, Significado

A origem da palavra jugo vem de uma das línguas mais antigas e registradas: o sânscrito. Mais especificamente vem da palavra yug, que significa união. Este termo foi incorporado ao latim e daí se formou a palavra iugulus, que quer dizer garganta.

O jugo é um objeto milenar próprio da pecuária. Trata-se de um artefato normalmente de madeira que serve para unir dois bois pelo pescoço, como também duas mulas ou outros animais para que andem no mesmo compasso e assim possam realizar tarefas de carga ou arado de terra.

O uso figurado do termo

Este utensílio da pecuária tem, por sua vez, um significado simbólico. Assim, o jugo representa a ideia de opressão do ser humano. Desta maneira, uma pessoa se submete a um jugo quando alguém exerce o poder sobre o seu livre arbítrio.

Na área da política, o jugo equivale a qualquer governo ditatorial que age pelo uso da força e exerce o poder de maneira despótica e totalitária. Na linguagem cotidiana, emprega-se este termo para expressar situações de exploração e sobmissão. Consequentemente, tudo aquilo que restringe a liberdade pode ser considerado um jugo.

Diante da opressão simbolizada pelo jugo, o ser humano tem duas opções: submeter-se ou rebelar-se.

A submissão significa renuncia à liberdade devido ao medo e às represarias, mas não deixa de ser uma forma de sobreviver. Em compensação, apostar na rebeldia estabelece a exaltação do espírito livre, no entanto e ao mesmo tempo, as posições rebeldes são arriscadas e resultam em grandes sacrifícios.

O jugo e as flechas na história da Espanha

O jugo e as flechas fazem parte da simbologia espanhola desde os tempos dos Reis Católicos. Desde então, o escudo nacional incorporava estes dois elementos, de tal forma que o jugo representava a união dos Reinos de Castela e Aragão, ou seja, da rainha Isabel e do rei Fernando, por outro lado, as flechas representavam a luta contra os muçulmanos durante os séculos de ocupação.

O símbolo do jugo e das flechas foi incorporado na década de 1930 pelo movimento falangista espanhol

Os fundadores da falange espanhola se inspiraram na tradição heráldica dos Reis Católicos e criaram sua própria simbologia: uma bandeira vermelha e preta que no centro tinha um jugo atravessado por um feixe de flechas.

Após o triunfo do partido nacional na Guerra Civil Espanhola (1936-1939), o governo franquista adotou a simbologia falangista do julgo e das flechas como representação da unidade da Espanha. A partir da morte de Francisco Franco em 1975, os símbolos da ditadura foram desaparecendo lentamente e atualmente o jugo e as flechas se tornaram uma recordação do passado histórico da Espanha.

Imagem: Fotolia - Catwalkphotos

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: