Conceito » Saúde » Heterocromia

Heterocromia - Conceito, o que é, Significado

Quando a íris dos dois olhos apresenta cores diferentes, ocorre uma anomalia conhecida pelo termo heterocromia. Existem duas modalidades: a total e a parcial. Na primeira, cada olho é de uma cor diferente e na segunda uma parte da íris tem cor diferente.

Esta particularidade chama muita atenção, mas não é valorizada como uma característica antiestética

Esta característica não afeta geralmente a qualidade da visão e ocorre como consequência de uma alteração na melanina, um pigmento que se encontra presente nos humanos, animais e plantas.

Como regra geral, manifesta-se a partir do nascimento como um traço genético herdado, mas que em certas ocasiões pode ser adquirido após uma lesão, pelo consumo de fármacos ou uma doença (muitas vezes as hemorragias oculares são a causa da variação de cor).

Deve-se destacar que a produção de melanina também pode afetar a pele ou o cabelo.

Uma anomalia que afeta especialmente algumas espécies de animais

Com certa frequência, os gatos têm um olho azul e outro de cor diferente. Algumas raças de cães (husky siberiano, dálmata ou pastor australiano), vacas, cavalos e furões também apresentam esta alteração cromática nos olhos.

Em qualquer alteração na cor dos olhos, deve-se consultar um oftalmologista

A heterocromia não é algo comum e por este motivo é aconselhável que um especialista faça uma avaliação exaustiva, já que esta anomalia pode estar relacionada a diversos problemas, como tumores ou doenças hereditárias.

No caso de crianças nascidas com esta peculiaridade, devem-se descartar possíveis relações com outras doenças hereditárias.

Alguns distúrbios da visão dentro da categoria de doenças raras

- Quando não existe íris no olho, esta patologia é conhecida pelo nome de aniridia.

- Quando não é possível distinguir as cores ocorre o daltonismo (às vezes nenhuma cor é distinguida e tudo se percebe em tom de cinza, a esta patologia chamamos de acromatopsia).

- Da mesma forma que a heterocromia, o albinismo está relacionado à falta de melanina.

- A doença de Stargardt afeta as células da visão, os cones, provocando uma deterioração gradual da qualidade visual. A retinose pigmentar é uma doença genética que afeta os fotorreceptores e é uma das principais causas da cegueira.

- A nictalopia, também conhecida como cegueira noturna, impede a visão normal na ausência de luz. A akinetopsia é um distúrbio neurológico e aqueles que sofrem com a mesma não podem perceber imagens em movimento.

- A síndrome de Capgras é uma doença que afeta o processo de identificação das pessoas. Quando uma pessoa percebe os objetos como se fossem muito menores do que realmente são ou como se estivessem mais distantes, significa que ela sofre da síndrome de Alice no País das Maravilhas.

Imagem: Fotolia. Alexkich, Jura

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: