Conceito » Religião » Halacha

Halacha - Conceito, o que é, Significado

A maioria das religiões é baseada em um texto sagrado e a partir dele é extraída uma série de ensinamentos que servem como referência ética e espiritual para seus seguidores. No judaísmo, o livro sagrado é a Torá e o conjunto de normas e leis que servem como guia são conhecidas pela palavra halacha.

Este vocábulo vem do hebraico, mais especificamente do termo Heh-Lamed-Kaf, que normalmente pode ser traduzido como viagem ou caminho.

Em outras palavras, a halacha indica qual deve ser o caminho certo a seguir para levar uma vida de acordo com os preceitos da Torá, tanto na escrita como na oral. Este conjunto de leis é valido a todas as comunidades judaicas que inclui os sefarditas, os asquenazes e os iemenitas. Na prática, halacha constitui o modelo ético que serve como referência a qualquer praticante da religião judaica.

O sistema de normas éticas da halacha

A halacha tem um fundamento ético: que nossas intenções se tornem verdadeiros atos morais. Isto significa que o sistema de halacha serve como um guia para distinguir o bem do mal. Neste sentido, algumas normas a seguir são as seguintes:

- As crianças devem ser circuncidadas no oitavo dia e a cerimônia deste ato é conhecida como Brit Milá ou pacto da circuncisão;

- Em todas as situações o crente deve tentar encontrar uma posição equilibrada;

- O bom judeu precisa conhecer e respeitar a Torá;

- O respeito a Deus é expresso através do ato simbólico de cobrir a cabeça, seja com um chapéu, um kippah ou um kufi.

- A fé judaica é experimentada dentro de uma comunidade;

- A atitude para com Deus deve ser de respeito máximo;

- Nos relacionamentos humanos deve-se evitar qualquer comportamento abusivo ou desrespeitoso;

- As festas, leis alimentares e o shabat são aspectos fundamentais que têm de ser respeitados.

Os mandamentos listados acima são um exemplo das obrigações espirituais e morais que servem como referência no judaísmo e cada um dos mandamentos e normas são conhecidos pela palavra mitzvá.

A ética judaica

A religião judaica tem uma abordagem exigente em relação à conduta ética. Neste sentido, o homem que cumpre a halacha é considerado uma pessoa virtuosa. Na abordagem da ética judaica os seres humanos nascem com liberdade e podem escolher entre o caminho certo e o errado.

O comportamento pecaminoso é particularmente grave se alguém comete um pecado de maneira intencional, logicamente, o pecado é menos grave quando se comete por negligência ou ignorância. Os princípios da ética judaica exigem uma estreita ligação entre o homem e Deus.

Imagem: Fotolia. thauwald

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: