EBITDA - Conceito, o que é, Significado

Os meios de comunicação mostram com frequência todo tipo de termos econômicos: PIB, Renda per capita, IVA, IPC, entre outros. Todos eles têm alguma importância para explicar algum aspecto da realidade econômica. E um deles é o termo EBITDA.

O Ebitda, também chamado de Lajida, pode ser definido como um resultado bruto de exploração

Na realidade, é o acrônimo de um termo inglês que significa Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (LAJIDA).

Como curiosidade, a legislação mercantil espanhola não usa o termo EBITDA em suas contas de lucros e perdas das empresas; já no Brasil é um indicador financeiro bastante utilizado pelas empresas de capital aberto e pelos analistas de mercado.

O importante do EBITDA é que o mesmo equivale ao benefício de exploração mais as amortizações

Segundo os especialistas, o EBITDA é um parâmetro econômico bem parecido com o Cash Flow, que é a soma dos benefícios mais as amortizações. Pode-se dizer que este índice tem a capacidade de gerar recursos (por exemplo, dinheiro) para a atividade normal de uma entidade. Do ponto de vista terminológico, o EBITDA equivale à diferença entre a entrada de exploração (a entrada de dinheiro da empresa) e aos gastos de exploração. Desta maneira, estamos falando de um valor quantitativo que proporciona informação objetiva sobre a capacidade de uma empresa para gerar dinheiro.

O EBITDA adquire especial importância em algumas circunstâncias. Quando há um processo de fusão ou absorção de entidades é comum ter grande volume de ativos fixos (que exigem as correspondentes amortizações) e que para gerá-los é necessário um importante volume de dívida (a dívida provoca elevados gastos financeiros). Este tipo de circunstância origina um índice EBITDA único, pois os benefícios podem ser aparentemente positivos mesmo que o volume de dívida e dos gastos financeiros seja oposto aos dados favoráveis do EBITDA.

O importante em relação a este conceito é entender como funciona a caixa teórica de uma empresa, ou seja, o dinheiro que supostamente está disponível.

No geral, quanto maior for o EBITDA de uma empresa, melhor será sua situação financeira. Paralelamente, é um indicador válido para avaliar a capacidade de qualquer empresa na hora de gerar riqueza.

Este indicador financeiro tem a vantagem de poder ser calculado com relativa facilidade, mas o importante é saber interpretar que os dados podem ser contribuídos de forma global, levando em conta o pagamento das dívidas, as vendas e os investimentos, elementos essenciais para o bom andamento de uma empresa.

Imagem: iStock. rs-photo

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: