Conceito » Alimentação » Dietoterapia

Dietoterapia - Conceito, o que é, Significado

Desde as escrituras de Hipócrates, no século V a. C, afirma-se que uma alimentação correta serve de base para uma boa saúde. Neste sentido, uma alimentação deficiente ou inadequada é a principal causa de doenças no mundo. Devem-se destacar problemas como diabetes, colesterol alto ou obesidade estão diretamente relacionados com os alimentos que consumimos. Por outro lado, uma alimentação adequada não depende apenas do tipo de alimento, mas também de suas combinações.

A dietoterapia é uma disciplina que se concentra na busca da saúde através de uma alimentação adequada

Especialistas em dietoterapia não contam com dietas para perder peso, uma vez que sua prioridade é a saúde do indivíduo.

Esta disciplina trata de diferentes áreas de atuação:

1) avaliação nutricional,

2) relação entre as doenças e a nutrição,

3) tratamento nutricional para cada tipo de cirurgia,

4) estudo da alimentação entre a população escolar,

5) relação entre medicamento e alimentação,

6) dieta durante a gravidez e o período de latência,

7) nutrição de idosos,

8) nutrição de pacientes hospitalizados e dietas pós-operatórias,

9) necessidades energéticas e proteicas dos indivíduos,

10) estudo das reações alimentares adversas.

Enfim, a dietoterapia apresenta as dietas adequadas para melhorar ou restabelecer a saúde das pessoas.

Há uma série de doenças que são causadas por algum déficit nutricional, tais como o raquitismo e o escorbuto. Há também doenças com dietas desequilibradas, como a obesidade e a hipertensão arterial. Outras patologias geram algum tipo de limitação alimentar, como as alergias e a insuficiência renal.

Em certas ocasiões, após modificar um nutriente na dieta já se pode obter benefícios significativos para a saúde.

Conselhos gerais do ponto de vista da dietoterapia

- É conveniente manter o peso corporal adequado.

- Para manter uma boa saúde é aconselhável consumir alimentos variados.

- As dietas com pouco gordura são usadas para prevenir doenças cardiovasculares.

- O consumo de açúcar deve ser feito com moderação.

- Os alimentos fritos, defumados e curados devem ser limitados.

- A ingestão de sal deve ser moderada.

- Alguns hábitos não são recomendados para a saúde, tais como o consumo excessivo de álcool, tabaco e bebidas adoçantes artificiais.

Imagem: Fotolia. Mi.Ti.

Relacionados:

  1. Alimentação
  2. Eubiótica
  3. Comestível
  4. Pesco-vegetariano
  5. Dieta
  6. Light, Zero e Diet
  7. Legumes
  8. Açúcar
  9. Obesidade
  10. Nutrição