Conceito » Aprender » Coordenação

Coordenação - Conceito, o que é, Significado

Denomina-se coordenação à capacidade de classificar elementos aparentemente diferentes para atingir um determinado objetivo. Assim, é possível referir-se à coordenação motora, de um grupo de trabalho, gramatical, econômica, ente outras.

No caso da coordenação motora, se refere à capacidade dos músculos do corpo em atingir uma sincronização para obter um determinado movimento. Assim, os músculos das extremidades inferiores em conjunto com os superiores são movidos por impulsos do sistema nervoso a partir das diretrizes do cérebro de maneira harmônica em vista da concretização de um objetivo em termos de movimento; conjuntamente o cerebelo controla o chamado tônus muscular. Esta capacidade é extremamente importante para os esportistas, em especial aos que se desenvolvem em áreas que exigem a habilidade do corpo. Vale ressaltar que este tipo de coordenação pode ser aprendido e desenvolvido.

No caso de um grupo de trabalho, geralmente se refere à atividade de uma empresa que tem como objetivo a obtenção da rentabilidade. Assim, a coordenação acontece neste caso através da inter-relação que têm as diversas áreas responsáveis de uma função especifica a fim de conseguir uma produção eficiente de bens e serviços, isto é, reduzir os custos ao máximo possível.

Em relação à coordenação gramatical, se refere à coincidência entre pessoa e número do núcleo do sujeito sobre a desinência do verbo. Também pode referir-se à coordenação realizada por determinadas ligações (e, ou, mas) dentro das estruturas sintáticas que exercem uma hierarquia similar.

Finalmente, vale referir-se à coordenação produzida no mercado. Isto acontece principalmente no equilíbrio evidenciado entre a oferta e a demanda para a determinação de um preço e da quantidade de bens ou serviços. Assim, em um mercado considerado livre a quantidade de bens oferecidos pelos proponentes e a quantidade de bens pedidos pelos requerentes depende do preço de mercado do produto em questão. Esta coordenação possibilita que haja sempre suficientes produtos no mercado com base na necessidade existente. Embora existam debates acadêmicos em relação ao nível de eficiência alcançado pela coordenação autônoma exercida no mercado, o certo é que ela existe de alguma forma.

Todos os exemplos precedentes têm em comum, apesar da disparidade das questões discutidas, a ideia de associar diferentes elementos em função de um fim.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: