Conceito » Saúde » Apraxia

Apraxia - Conceito, o que é, Significado

O termo apraxia vem da palavra grega apraxia, que significa dificuldade no movimento. Desta maneira, a pessoa que sofre de apraxia tem uma limitação na coordenação de alguma parte do corpo, fazendo com que isso afete sua vida cotidiana no geral. Do ponto de vista fisiológico este tipo de limitação motora tem uma origem neurológica.

Em geral, as pessoas que sofrem de apraxia apresentam uma dissociação motora, ou seja, o cérebro dá uma ordem a uma parte do corpo, mas esta parte não reage de forma adequada. É como se a mente soubesse o que fazer, mas o corpo não responde de maneira eficaz.

Como detectar uma apraxia?

Quando uma pessoa apresenta dificuldades motoras em sua vida cotidiana é possível que tenha algum tipo de apraxia. Esta patologia é diagnosticada através de um exame neurológico do paciente. Por outro lado, é necessário observar seus gestos na hora de realizar ações precedidas de ordens simples. Ao mesmo tempo, deve-se avaliar a mobilidade tanto da parte esquerda do corpo quanto da direita.

Os erros ou limitações na mobilidade podem ser de dois tipos: aqueles que afetam os movimentos espaciais e temporais e, por outro lado, as dificuldades ou erros que afetam o conteúdo das ações. Um erro espacial acontece quando o paciente realiza indevidamente um movimento e um erro de conteúdo ocorre quando não interpreta corretamente uma ordem.

Tipos de apraxias

Quando uma pessoa tem dificuldade para realizar tarefas em diferentes épocas pode sofrer uma apraxia ideacional. Se a dificuldade no movimento tem relação com a comunicação, costuma-se falar da apraxia ideomotora. Quando a limitação na mobilidade provém do controle visual é denominada apraxia oculomotora.

A lista poderia continuar com a apraxia verbal, construtiva, orofacial ou daquela que afeta o caminhar. Em outras palavras, o problema neurológico pode afetar diversos aspectos da mobilidade.

Uma orientação sobre o tratamento da apraxia

Como cada tipo de apraxia envolve uma limitação específica, o tratamento desta patologia pode ser bem variado. Em certas ocasiões é necessária a intervenção de um fonoaudiólogo para corrigir os problemas que afetam a fala, assim como também precisa de um fisioterapeuta para melhorar as conexões neurológicas que afetam a motricidade ou de um psicólogo para exercitar os processos mentais relacionados ao movimento.

Imagem: iStock. vitapix

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: