Conceito » Ciência » Ciclo de Krebs

Ciclo de Krebs - Conceito, o que é, Significado

As reações químicas que ocorrem na respiração das células aeróbicas estão sujeitas a um processo de transformação molecular. Este processo é conhecido como ciclo de Krebs ou ciclo do ácido cítrico. Trata-se de uma via metabólica na qual uma série de reações químicas ocorre de maneira consecutiva.

Um processo complexo em termos celulares

O processo de transformação molecular ocorre na mitocôndria das células aeróbicas, ou seja, aquelas que têm presença de oxigênio.

Quando a glicose entra na célula passa por um processo chamado glicólise. A partir deste momento se inicia propriamente o ciclo de Krebs. Numa primeira fase, a glicose se transforma em piruvato (este composto orgânico é determinante no metabolismo), que por sua vez se torna em acetilcoenzima (a enzima que transforma o piruvato em acetilcoenzima é a piruvato desidrogenase).

Neste processo de mudança molecular, a desidrogenase utiliza uma série de substâncias: tiamina ou vitamina B1, vitamina B2 ou FAD, vitamina B3 ou NAD, vitamina B5 e ácido lipóico.

Uma vez formada a acetilcoenzima, une-se a uma nova molécula para formar o citrato. Numa próxima fase, forma-se o alfa cetoglutarato a partir da intervenção de uma enzima, o isocitrato. O alfa cetoglutarato reutiliza as mesmas cinco substâncias empregadas na fase da piruvato.

Todas estas reações permitem a eliminação de Co2 e isso faz com que as células de um organismo vivo possam desempenhar a função de respirar. Neste sentido, o ciclo de Krebs nos ajuda a compreender o conceito de metabolismo.

Todos os sistemas do corpo humano têm uma atividade metabólica

Neste sentido, as células do corpo trocam de matéria e energia para manter, reparar ou reproduzir as estruturas celulares. Este processo de transformação molecular é conhecido como metabolismo.

O metabolismo é dividido em duas fases: anabolismo e catabolismo. Na primeira, as células do organismo obtêm micronutrientes que se juntam e criam macronutrientes (proteínas, carboidratos e gorduras). No catabolismo há um processo de destruição onde o corpo decompõe os diversos macronutrientes em moléculas mais simples.

O papel da glicose

Além da complexidade dos processos moleculares que se apresentam no ciclo de Krebs, este processo pode ser entendido como aquele que nos permite realizar as funções vitais que exigem certa energia, como caminhar, correr ou trabalhar.

Vale lembrar que este processo se inicia precisamente com a ação da glicose, da qual provêm as frutas, o mel e o amido encontrados no arroz, nas massas e na batata. Quando uma pessoa ingere uma quantidade elevada de glicose e não faz exercícios físicos o suficiente, é bem provável que apareça o colesterol no sangue.

Imagem: Fotolia. GianlucaCiro

Relacionados:

  1. Ciclo Celular
  2. Metáfase
  3. Biossíntese
  4. Respiração
  5. Ciclo da Água
  6. Tiamina (Vitamina B1)
  7. Cozinha Molecular
  8. Vitamina B12
  9. Fotossíntese
  10. Reação Química