Anomia - Conceito, o que é, Significado

Etimologicamente anomia quer dizer sem lei, pois este vocábulo está formado pelo prefixo “a” que significa negação e o sufixo “nomia” que equivale à lei. Entretanto, sua etimologia também pode ser entendida com outro significado (sem nome) já que o sufixo “nomia” expressa também a ação de nomear. Esta distinção no que diz respeito a sua origem faz com que o vocábulo anomia apresente dois significados: ausência de leis ou transtorno da linguagem que impede um sujeito de nomear as coisas.

No campo da filosofia e das ciências sociais

Do ponto de vista da reflexão ética, a anomia acontece quando um indivíduo vive sua dimensão moral com ausência de normas que regulam seu comportamento. Neste sentido, uma pessoa atua moralmente quando incorpora normas que servem para guiar sua conduta e, portanto, a anomia se apresenta quando há ausência de critérios morais.

Do ponto de vista da sociologia, alguns pensadores consideram que a anomia social se manifesta nas situações que há um desajuste normativo em algum aspecto da sociedade, por exemplo, a falta de regulamentação normativa no campo profissional ou alguma circunstância que pode ser definida como uma lei para toda vida. Um exemplo concreto de anomia é o caso daqueles trabalhadores que desempenham sua atividade sem nenhum tipo de contrato ou legalidade que os ampare.

Um problema que afeta a linguagem

Certos problemas neurológicos conduzem a uma limitação evidente na capacidade de falar. Quando um indivíduo não pode nomear as coisas por não encontrar palavras ocorre uma anomia. Este transtorno da linguagem é também conhecido como afasia anômica. As pessoas com esta limitação podem falar, mas com limitações, já que não encontram as palavras adequadas com certa frequência, por exemplo, não lembram o nome de pessoas próximas ou são incapazes de nomear um objeto conhecido. Desta maneira, uma pessoa com afasia anômica sabe o que é um objeto, mas não é capaz de dizer o nome do mesmo. Este problema obedece a um desajuste entre os hemisférios cerebrais.

Em outros termos, no hemisfério esquerdo se articula a linguagem, mas para que a coordenação entre pensamento e linguagem seja efetiva é necessário que o hemisfério direito interaja corretamente com o esquerdo.

Imagens: Fotolia. Séa - artqu

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: