Viscosidade - Conceito, o que é, Significado

Na vida cotidiana o termo viscosidade tem um sentido determinado, mas pode adquirir outro de acordo com sua explicação científica. Assim, ao tocar certas substâncias pegajosas e densas podemos dizer que são viscosas. Isto é o que acontece com o mel, com alguns produtos lácteos, a mostarda, alguns molhos ou produtos de cosméticos. A partir de critérios científicos, a viscosidade é uma lei definida por Isaac Newton.

Do ponto de vista científico

Algumas substâncias fluidas exibem certo grau de atrito interno e este fenômeno é conhecido como viscosidade. Trata-se de uma força de atrito entre as camadas adjacentes dos fluidos. Em outras palavras, a viscosidade é uma resistência sob a forma de atrito interno. Nos líquidos a viscosidade se deve, principalmente, às forças elétricas de coesão das moléculas que formam a matéria. Nos gases, este fenômeno ocorre devido às colisões entre as moléculas. Do ponto de vista científico o estudo da viscosidade deve estar situado na área da mecânica de fluidos.

A lei da viscosidade de Newton

A viscosidade é o atrito entre as diversas camadas de um fluido. Se a cada placa se aplica determinada força, isso gera um esforço sobre o fluido. Assim, o fluido é viscoso quando sua energia mecânica não é constante, bem como o fluido não é viscoso quando se mantém constante. Esta ideia foi explicada por Newton através de uma lei que leva seu nome. Esta lei afirma que em um fluido a tensão de fricção aplicada em uma direção é proporcional à sua velocidade e esta situação é mensurável com um coeficiente de viscosidade.

Mecânica de fluidos

O fluido é uma substância que se deforma de forma contínua, sob a ação de forças que pode ser um gás ou um líquido. Se pensarmos em um tubo com determinado fluido em seu interior, há uma série de aspectos que determinam o comportamento deste fluido:

1) mudança de pressão;

2) a altura do tubo (quanto mais profundidade maior a pressão);

3) a área do tubo (quanto menor a área, menor a pressão);

4) a velocidade do fluxo.

A viscosidade do óleo nos motores

Todos os líquidos tem um grau de viscosidade e em relação aos óleos alguns têm mais viscosidade do que outros. Para que o motor de uma máquina funcione corretamente, é necessário que o óleo tenha boa aderência ao metal. É preciso pensar que o óleo protege as partes móveis de um motor e, portanto, sua viscosidade deve adaptar-se às mudanças de temperatura que afetam cada motor.

Imagem: Fotolia. Gstudio

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: