Conceito » Cultura » Cativeiro

Cativeiro - Conceito, o que é, Significado

Uma pessoa ou um animal se encontra em situação de cativeiro quando permanece reclusa ou privada de sua liberdade. Em relação aos animais, emprega-se esta palavra para referir aos selvagens e não aos domésticos, no entanto, em relação às pessoas, utiliza-se para mencionar os presos ou reféns que também são chamados de cativos.

O autor de Dom Quixote foi cativo durante cinco anos em Argel

No final de setembro de 1575, Miguel de Cervantes se dirigia da Itália para Espanha em uma embarcação antiga, mas de maneira inesperada uma frota de corsários argelinos atacou sua embarcação e Cervantes foi sequestrado e levado à cidade de Argel, ao norte da África, onde havia milhares de cativos de todas as nacionalidades. O sequestro tinha como objetivo solicitar um resgate, só que na verdade os corsários pediram uma quantia tão elevada por Cervantes que seus familiares não puderam pagar inicialmente.

O cativeiro existiu durante cinco anos e ao longo deste período Cervantes tentou fugir várias vezes, mas sem sucesso. Finalmente, conseguiram arrecadar o dinheiro necessário e Cervantes foi liberado pela intervenção dos padres trinitários.

Os estudiosos da obra de Cervantes consideram que seu cativeiro teve grande importância em sua posterior produção literária. Não devemos esquecer que em “Dom Quixote” um dos temas mais importantes é, fundamentalmente, a liberdade.

Os animais que vivem fora de seu habitat natural sofrem todo tipo de distúrbio

Quando um animal selvagem vive em cativeiro muito provavelmente sofrerá alguma alteração. Atualmente, sabe-se que esta situação gera tristeza, inapetência, doenças sexuais ou problemas alimentares. Para enfrentar esta situação foram criadas associações a favor dos direitos dos animais. Neste sentido, alguns grupos tentam libertar do cativeiro os animais que fazem parte de circos ou de outro tipo de espetáculo.

Por outro lado, a existência dos zoológicos também é questionada por alguns grupos. Aqueles que se opõem ao cativeiro consideram que os animais perdem sua verdadeira essência como seres vivos. Em seu próprio habitat natural a maioria das espécies animais convive em manadas, enquanto os que permanecem em cativeiros se encontram isolados e submetidos a todo tipo de abuso.

Nos últimos anos foram criados centros de resgate especializados para que os animais libertados do cativeiro possam reabilitar-se adequadamente e chegar a recuperar sua liberdade.

Imagem: Fotolia. Bits and Splits

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: