Carvão Vegetal - Conceito, o que é, Significado

A obtenção de energia é uma das necessidades do ser humano. O carvão tem sido um dos combustíveis mais tradicionais ao longo de vários períodos da história. Trata-se de um combustível fóssil (como também é o petróleo) formado por restos de animais e plantas há centenas de milhares de anos.

O carvão vegetal é uma alternativa energética que, do ponto de vista industrial, tem uma breve história

No final do século XIX, iniciou-se o uso de briquetes de carvão vegetal, obtidos da reciclagem de lascas de madeira destinados à combustão das churrasqueiras. A mistura da madeira é processada em um complexo sistema de aquecimento e eliminação de resíduos. Para não queimar a madeira, impede-se a entrada de oxigênio no momento do aquecimento.

Posteriormente, adiciona-se o carvão de antracite e cal junto com os restos de madeira. Finalmente, acrescenta-se farinha de milho para juntar todos os ingredientes. Os pedaços obtidos (chamados de briquetes) são aquecidos para reduzir a umidade e, consequentemente, facilitar a combustão. Este seria um breve resumo explicativo da fabricação do carvão vegetal.

O carvão vegetal obtido de modo industrial é uma energia relativamente recente

Entretanto, já na antiguidade, a madeira se transformava em carvão vegetal de maneira rudimentar. Durante séculos, sempre existiu a profissão de carvoeiro, realizado por pessoas que passavam horas nos bosques para transformar a madeira em carvão através de técnicas artesanais.

Além do seu uso em churrascos, em alguns países, são usados nas casas como braseiros. Em ambos os casos, o carvão possui componentes tóxicos. De qualquer forma, há um tipo de carvão vegetal destinado ao consumo humano, mais especificamente como remédio medicinal. Para obtê-lo é preciso esquentar e esterilizar previamente o carvão vegetal. Desta maneira, consegue-se uma mistura que pode ser ingerida com água para melhorar a diarreia, aliviar o efeito de algumas drogas ou evitar náuseas. Este uso de carvão vegetal faz parte da medicina natural.

Um dos elementos que mais chama a atenção em relação ao carvão vegetal, na atualidade, está ligado ao meio ambiente e às áreas rurais. Nos países que possuem importantes florestas é rentável a produção de carvão vegetal para facilitar a produção de combustível às pequenas indústrias e assim evitar um consumo de petróleo mais caro e contaminante. Por outro lado, o carvão de coque usado na indústria metalúrgica tradicional tem um futuro imprevisível, pois está sendo substituído em alguns lugares do mundo pelo carvão vegetal.

Imagem: iStock. huseyintuncer

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: