Conceito » Ciência » Borboleta Monarca

Borboleta Monarca - Conceito, o que é, Significado

O nome científico deste inseto do grupo dos lepidópteros é Danaus plexippus. Quando os europeus se estabeleceram na América do Norte, em pleno século XVIII, ficaram conhecidos como Monarca em homenagem ao rei Guilherme III da Inglaterra. Os astecas a chamavam de Papálotl e acreditavam que elas transportavam a alma dos guerreiros mortos para o céu.

Toda a metamorfose da Monarca tem duração de um mês aproximadamente e sua vida atinge aos nove meses.

O ciclo de vida da Monarca passa por quatro etapas diferenciadas. Na primeira é um minúsculo ovo amarelo e branco (a fêmea deposita cerca de 400 ovos nas folhas das árvores).

Na segunda etapa de desenvolvimento se torna larva depois de poucos dias. Nesta fase é uma lagarta com listras brancas, pretas e amarelas e durante este período se alimenta de folhas de algodão, das quais se obtém uma substância tóxica que lhe permite defender-se de seus predadores. Nesta etapa a Monarca desenvolve antenas potentes para poder guiar-se, por outro lado, muda de pele cinco vezes.

Em sua última muda se torna uma pupa ou crisálida

Adquire uma cor verde transparente característica, sendo possível observar as asas da borboleta em seu interior. Dentro do casulo a Monarca vai se transformado e finalmente sai e atinge a fase adulta.

Já como borboleta adulta possui dois pares de asas de cor alaranjada e brilhante acompanhada de listas pretas e manchas brancas. Suas asas abertas têm uns 11 centímetros de largura e seu peso não atinge um grama. Com as antenas se orienta e com os olhos capta as imagens e a luz.

A borboleta-monarca macho tem um ponto negro em suas asas e este elemento permite diferenciá-las das fêmeas. O habitat natural deste lepidóptero está protegido pelo governo mexicano.

Uma viagem de milhares de quilômetros

Nos meses de outono, milhões de borboletas se agrupam para migrar das florestas do Canadá e dos Estados Unidos para o território do México e depois retornar. No território mexicano de Michoacán passam o inverno, pois este habitat reúne as condições ideais para sua vida: temperatura fresca para economizar energia, assim como nuvens e neblina que lhes fornecem água. Esta travessia supera os 5000 quilômetros.

A visita às terras mexicanas da Monarca tem se tornado um atrativo para os turistas amantes da natureza.

Imagem: Fotolia. Maik

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: