Alívio - Conceito, o que é, Significado

Diante daquelas situações em que o dano físico ou emocional desaparece, costuma-se dizer que há um alívio. Desta maneira, nos sentimos aliviados porque temos certo mal-estar com antecipação, por exemplo, uma dor física ou uma preocupação.

Atividades e profissões que se dedicam para aliviar as dores

Um médico tem dois objetivos primordiais: curar uma doença e, paralelamente, aliviar esta dor. De maneira parecida, os farmacêuticos, os veterinários, os enfermeiros e os fisioterapeutas têm o mesmo objetivo.

Em relação aos problemas emocionais, há profissionais orientados a diminuir o mal-estar ou o sofrimento em qualquer de suas formas, como acontece com psicólogo. Na ordem espiritual, o sacerdote precisa escutar os fiéis, que durante a confissão contam tudo aquilo que lhes afligem e, portanto, buscam o sossego da alma. Algo similar ocorre com alguns gurus, curadores espirituais ou tarólogos.

"Qué alívio!"

Todas as pessoas têm responsabilidades que provocam certa angústia, sejam elas em maior ou menor proporção

Quando conseguimos solucionar esses problemas nos sentimos mais livres, ou seja, sossegados e tranquilos. Neste sentido, a busca pelo alívio faz parte de nossas vidas. De alguma maneira, tudo aquilo que causa inquietação ou dor tem uma receita para encontrar o bem-estar. As palavras que confortam, uma canção, um comprimido ou alguns dias de férias são soluções que permitem encontrar consolo, melhora e bem-estar, ou seja, certa dose de alívio.

O alívio e os vícios

O alcoólatra, o viciado em drogas e o jogador compulsivo enfrentando um dilema: buscam o alívio, mas para consegui-lo precisam de algo como álcool, drogas ou jogo, no entanto, isso os leva a uma progressão negativa. Em outras palavras, tudo que produz alívio é, ao mesmo tempo, o que leva à destruição.

O efeito placebo

No binômio dor-alívio há um mecanismo da mente que pode trazer uma solução: o efeito placebo. Consiste em convencer-se de que algo proporciona bem-estar e, portanto, acalma a dor e gera uma sensação de alívio. O que chama a atenção deste mecanismo é que esse algo não contém nada que lhe proporcione alívio, mas que apesar de tudo funciona.

O efeito placebo tem um componente "mágico", pois algo que não tem nenhuma propriedade curativa (por exemplo, um comprimido sem nenhuma substância ativa) pode tornar-se uma substância de cura.

Imagem: Fotolia. corocota

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: