Conceito » Ciência » Estequiometria

Estequiometria - Conceito, o que é, Significado

No setor da indústria, nos estudos ambientais e na preparação de alimentos, é necessário calcular adequadamente a quantidade de matéria-prima que deve ser usada para que um produto esteja nas melhores condições possíveis. A disciplina que trata isso é a estequiometria. Este ramo da química estuda as relações quantitativas nas substâncias que participam de uma reação química.

A palavra estequiometria é um neologismo criado a partir da combinação de dois termos de origem grega: "stoicheion", que equivale à elemento e "metron", que significa medida. Os princípios fundamentais desta disciplina científica foram estabelecidos no século XVIII com as contribuições do químico alemão Jeremias Benjamin Richter.

Um simples refresco preparado com fruta deve ser preparado com as proporções adequadas, caso contrário o produto final não tem a qualidade necessária

A preparação de cimento para a construção de uma casa exige igualmente uma combinação determinada de substâncias. Estes exemplos cotidianos nos fazem lembrar a importância das proporções em qualquer combinação de elementos. Neste sentido, a estequiometria se baseia em quatro conceitos chave: mol, número de Avogadro, massa molar e massa molecular.

O mol é a unidade de medida do Sistema Internacional para medir a quantidade de substância que contém determinado número de partículas elementares. Assim como em uma cesta cabe uma série de objetos, em um mol cabe uma quantidade de partículas. A quantidade final de partículas que há em uma substância é conhecida como número de Avogadro.

A massa molecular expressa a massa de uma molécula de uma substância que se encontra unida por ligações covalentes ou por ligações iônicas. Neste sentido, a massa molecular é o resultado das massas atômicas de todos os átomos que formam uma molécula.

A massa molar é a massa de um mol de qualquer substância e é medida em gramas/mol. Para determinar a massa molar de um elemento ou de uma molécula é necessário utilizar a informação fornecida pela tabela periódica dos elementos.

Todas as reações químicas devem estar equilibradas

Para que uma equação química esteja equilibrada, o número de partículas nos reagentes deve ser igual ao dos produtos, uma vez que a massa não se cria nem se destrói. Como norma geral, o critério para equilibrar corretamente uma equação consiste em provar os coeficientes, de modo que o número de partículas de um elemento determinado seja o mesmo nos reagentes como nos produtos.

As relações estequiométricas não focam as unidades de uma equação, mas sim a igualdade de ambos os lados das partículas de cada elemento.

Imagem: Fotolia. Kate

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: