Conceito » Cultura » Drag Queen

Drag Queen - Conceito, o que é, Significado

No mundo do espetáculo, há artistas do sexo masculino que atuam com uma vestimenta e maquiagem própria das mulheres. Estes artistas recebem o nome de Drag Queen.

O Drag Queen não representa uma mulher com características normais, uma vez que suas roupas e sua aparência são exageradas: possuem grandes plataformas, peruca chamativa, vestido provocante, enfim, causam uma cena impactante. Desta forma, o espectador assiste a atuação de um homem que canta e dança com a aparência e o estilo de uma mulher explosiva. Este contraste é o elemento autêntico que caracteriza as chamadas "Rainhas da Noite".

A questão da identidade sexual

Em relação à identidade sexual, não há um único perfil de Drag Queen. Muitos deles são homens heterossexuais que criam uma personagem feminina com a finalidade de apresentar um show divertido e original. Em alguns casos, trata-se de um travesti ou um transexual. De qualquer forma, não se deve pensar que a Drag Queen tem necessariamente uma orientação sexual em particular, de modo que pode ser gay, bissexual ou heterossexual.

Um Drag Queen não é simplesmente um homem disfarçado

Embora o Drag Queen seja basicamente um homem disfarçado de mulher que realiza um show para entreter o público, este tipo de personagem está associado a várias questões:

1) o disfarce tem um componente transgressor, na verdade, os Drag Queen atuam na maioria das festas de Carnaval (o Carnaval acontece antes da Quaresma e é um período que certos tabus desaparecerem);

2) do ponto de vista da sexualidade o Drag Queen está relacionado ao fetichismo, à bissexualidade e aos desejos ocultos;

3) por trás da performance de um Drag Queen, há uma série de ideais: fantasia, provocação, ambiguidade, etc.

4) este tipo de personagem nos faz lembrar que a identidade do ser humano é complexa, pois somos o que projetamos nos outros e, ao mesmo tempo, o que gostaríamos de ser.

Mulheres que se transformam em homens

A mulher que adota um disfarce masculino para entreter o público é conhecida como Drag King. Suas performances têm os mesmos ingredientes que as Drag Queens, mas em versão oposta. O Drag King pretende parodiar certos arquétipos masculinos e, neste sentido, seu desempenho tem um componente de crítica social e provocação. Tanto eles como elas enfrentam em certas ocasiões através de preconceitos morais de um setor da sociedade.

Imagem: Fotolia. Alexander

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: