Conceito » Psicologia » Associacionismo

Associacionismo - Conceito, o que é, Significado

O associacionismo é uma corrente da psicologia que teve início no Reino Unido a partir do século XIX. No entanto, filósofos empiristas dos séculos XVII e XVII já haviam estabelecidos as bases desta corrente. Filósofos como Locke e Hume, além de psicólogos como Skinner e Pavlov são alguns dos maiores expoentes do associacionismo.

Ideias gerais sobre a teoria associacionista

A mente tem suas próprias regras de funcionamento e todas elas podem ser expressas em uma ideia: nossa capacidade de refletir se baseia em algum tipo de associação mental.

Existe algum tipo de conexão entre diferentes ideias criadas pela mente. Neste sentido, existem diferentes conexões:

1) a semelhança (unimos mentalmente impressões e ideias similares);

2) a contiguidade (conectamos elementos distintos de maneira temporária ou espacial);

3) a causa-efeito (nossa mente conecta ideias a partir da ralação necessária entre uma causa e seu efeito).

O acondicionamento clássico de Pavlov e o condicionamento operante de Skinner

O psicólogo russo Pavlov observou que um cachorro salivava quando lhe era ofertado uma carne. O oferecimento da carne era acompanhado pelo som de um sino que, inicialmente, não oferecia nenhuma reação aos cães. No entanto, o tilintar do sino gerava a salivação do cachorro mesmo sem a presença da carne. Esta experiência permitiu uma melhor compreensão de certos comportamentos humanos, tais como a aprendizagem dos bebês quando veem uma mamadeira e a associa com seu alimento.

Pavlov demonstrou que um estímulo neutro pode ativar nossa mente a criar uma conexão ou associação entre ideias. O reflexo inato de um cachorro pode ser alterado fazendo com que o cão crie sua própria associação entre um estímulo neutro e uma reação fisiológica. Este processo de aprendizagem pode explicar muitas reações aprendidas e automáticas dos seres humanos.

Outro tipo de aprendizagem associativo é o condicionamento operante de Skinner

Para demonstrar a atividade mental que ocorre neste processo, Skinner introduziu um rato faminto em uma jaula e o mesmo aprendeu a impulsionar uma alavanca mecânica, pois cada vez que fazia isso era recompensado com um pouco de comida. Deste modo, um padrão de comportamento pode ser reforçado se está associada a uma recompensa em particular.

Os princípios do condicionamento clássico e do operante não só explicam como funciona a mente humana, mas também a sociedade como um todo. Desta maneira, as abordagens associacionistas de ambos psicólogos permitiram estabelecer estratégias em qualquer tipo de área: na educação, em tratamentos terapêuticos, em técnicas de marketing ou nas propostas eleitas na esfera política.

Imagem: Fotolia. Halfpoint

Relacionados:

  1. Pensamento Abstrato
  2. Materialismo
  3. Pregnância
  4. Ceticismo
  5. Abstrato
  6. Evocar
  7. Condutismo
  8. Neobehaviorismo
  9. Praxe
  10. Ideias Secundárias