Visionário - Conceito, o que é, Significado

Podemos qualificar alguém como visionário quando tem a capacidade de ver além dos seus horizontes, pois prevê a direção da humanidade de alguma forma. Portanto, é uma pessoa à frente da sua época. Um segundo significado se refere a um indivíduo com fantasia sem limites que tende a acreditar em todo tipo de absurdos ou devaneios. Ambos os significados estão intimamente relacionados, pois é muito comum que o visionário seja considerado pelos outros como um louco ou fantasioso.

Personagens que desafiaram as regras do tempo

Quando alguém se opõe a certo tipo de status é muito provável que seja considerado um excêntrico. No entanto, as ideias estranhas de alguns personagens os tornaram visionários. Na história recente há poucos indivíduos com esta capacidade de vislumbrar o rumo dos acontecimentos antes que eles ocorram. Um caso típico é de Steve Jobs, qualificado como visionário porque além de criar uma marca como a Apple, suas ideias heterodoxas apontavam para o caminho da revolução digital.

A figura de Gandhi também pode receber esta classificação, já que seus ideais e sua atitude vital foram o impulso definitivo para que a Índia se tornasse independente como nação. O escritor Jules Verne escreveu romances de aventura, dos quais havia um mundo que ainda não fazia parte da realidade (o romancista francês previu as viagens à Lua, o submarino elétrico, a videoconferência e até mesmo uma rede global de comunicações muito parecida com a Internet).

Existiram visionários de todos os tipos em várias áreas e disciplinas, como o cartaginês Anibal Barca na estratégia militar, Aristóteles e Galileu no campo da ciência e Enzo Ferrari no mundo automobilístico. Todos eles apresentam alguns elementos comuns: o inconformismo, a persistência e, sobretudo, a forma diferente de entender a realidade que nos redeia. Neste sentido, é compreensível que particularidade da sua abordagem fosse inicialmente considerada como uma clássica raridade do excêntrico.

Um esclarecimento sobre o termo

Existem certos termos que podem facilmente dar origem a confusões, como é o caso da palavra visionário. Assim, aquelas pessoas com supostas capacidades paranormais (por exemplo, com poderes mentais como a telequinésia) não podem ser rotuladas como visionárias. O mesmo se aplica aos grandes profetas ou videntes, pois o profeta é aquele chamado por Deus para comunicar-se com o resto da humanidade, assim como o clarividente tem a suposta capacidade extrassensorial.

Imagem: Fotolia. chombosan

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: