Conceito » Cultura » Pós-Impressionismo

Pós-Impressionismo - Conceito, o que é, Significado

O prefixo pós significa literalmente “depois de” ou “por trás de” e é empregado frequentemente no mundo da arte e da cultura para mencionar o que vem depois de um movimento criador. Assim, fala-se da pós-modernidade, do pós-romantismo, do pós-feminismo e do pós-impressionismo. Obviamente, para compreender o que vem depois de algo é necessário entender a tendência anterior.

A partir da segunda metade do século XIX se desenvolve uma série de movimentos artísticos que formam a origem da pintura contemporânea

Um deles é o impressionismo, um estilo que em sua época foi avaliado de forma depreciada por vários setores sociais, mais particularmente pelos críticos de arte. Surgiu como uma evolução do realismo anterior.

As características mais autênticas deste movimento são os seguintes:

1) os pintores abandonam o costume de pintar de memória e começam a tomar referência do natural para concluir sua obra;

2) uma grande importância é dada à luz, pois é o elemento que determina as formas e faz variar as cores;

3) a cor adquire uma relevância particular e é registrada na tela com pinceladas soltas, estendendo-se com várias manchas para criar um maior impacto visual;

4) o pintor impressionista deve expressar a realidade mutável, de tal forma que busca congelar o tempo em sua obra.

Entre os pintores mais importantes devem ser mencionados os seguintes: Renoir, Cézanne, Monet, Degas e Van Gogh.

O Pós-impressionismo

Não é um estilo ou tendência artística no sentido tradicional, pois deve ser entendido como uma denominação para referir-se aos criadores que fizeram parte do impressionismo e que ao longo do tempo evoluíram para outras manifestações pictóricas. Deve-se destacar que o Impressionismo como corrente teve uma duração muito limitada (cerca de dez anos) e esta circunstância fez com que a maioria dos seus representantes fosse incorporando outras maneiras de entender a arte.

Do ponto de vista cronológico abrange o fim do Impressionismo (em 1890) e o início do Cubismo em princípios do século XX. Em relação ao termo Pós-Impressionismo, o mesmo foi idealizado pelo artista e crítico inglês Roger Fry, que entendeu que os novos criadores não buscavam a representação de objetos, mas sim comunicar ideias.

Entre as características mais particulares, devem-se destacar as seguintes: a importância do desenho, a expressividade da imagem, as figuras geométricas e a criação de composições simplificadas. Seus pintores mais representativos são Gauguin, Van Gogh e Cézanne.

Imagem: Fotolia. munimara

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: