Ofídios - Conceito, o que é, Significado

Publicidade

A palavra ofídio vem do grego, mais especificamente de ophidium, que significa serpente. Trata-se de um termo próprio da zoologia que faz referência a uma ordem do reino animal, os ofídios, mais conhecidos popularmente como serpentes.

Publicidade

Os ofídios fazem parte dos répteis

Deve-se destacar que o substantivo réptil corresponde ao verbo reptar, já que a maioria destes animais de locomove rastejando pela terra ou por outras superfícies.

Publicidade

Os répteis são animais vertebrados. Seu corpo está coberto de escamas duras que proporcionam uma armadura ao seu organismo e que serve de proteção. Possuem uma respiração pulmonar e, portanto, respiram como os seres humanos. Ao mesmo tempo, apresentam um sangue frio, isto é, não mantêm a temperatura corporal com mecanismos internos, mas sim a partir da temperatura ambiente.

Quase todos os répteis são ovíparos, desta forma, seu desenvolvimento embrionário ocorre em um ovo. Do ponto de vista da classificação zoológica, estima-se que existam mais de 8000 espécies de répteis. Estes habitam todos os continentes da Terra, exceto a Antártida.

Em relação aos seus mecanismos de defesa, empregam todo tipo de estratégia: a camuflagem, a fuga ou o ataque através de uma mordida.

São divididas em três grandes ordens: quelônios, crocodilianos e escamosos. Um exemplo de quelônios são as tartarugas. Os crocodilos fazem parte da segunda categoria.

Por último, os escamosos são divididos em duas subordens: os sáurios ou lagartos e os ofídios ou serpentes.

Alguns dados sobre as serpentes

Existem mais de 3000 espécies diferentes. Entre as maiores se destacam a píton birmanesa, a píton de rocha africana e a píton reticulada. Alguns delas são inofensivos, mas outros são extremamente venenosos, como a cascavel ou a víbora da morte (na medicina o ofidismo é a disciplina que estuda os quadros clínicos derivados das mordidas de serpente).

Como critério geral, as serpentes mais venenosas são aquelas que têm cores intensas.

Do ponto de vista da teoria evolutiva das espécies, as primeiras serpentes surgiram no período Cretáceo.

Em relação ao seu habitat, podem viver na terra, nas águas doces ou salgadas. No que diz respeito à locomoção, a maioria destes animais possuem escamas no ventre, o que lhes permite arrastar-se movendo os músculos e as costelas. Como dado curioso, deve-se ressaltar que em algumas ilhas do Pacífico não existem serpentes, mas sim lagartos.

Os ofídios e sua relação com os seres humanos

Do ponto de vista histórico, a serpente está associada à ideia do mal. Na Bíblia simboliza o conceito de pecado. Nas histórias mitológicas aparecem como criaturas ameaçadoras. Pode-se afirmar que são um símbolo universal no conjunto das civilizações humanas.

Quando uma pessoa tem medo desproporcional de cobras, este fenômeno é conhecido como ofidiofobia. O medo ancestral aos ofídios não é exclusivo dos seres humanos, pois outros primatas também têm uma reação de pavor diante de sua presença.

Imagem: Fotolia. Deki

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: