Conceito » Cultura » Licantropia

Licantropia - Conceito, o que é, Significado

O homem lobo dos filmes de terror é um licantropo. Trata-se de um personagem de ficção muito chamativo por sua tremenda força e brutalidade. Seu aspecto sinistro é igualmente ameaçador.

A origem do termo e a lenda de Licaonte

O termo licantropia vem do grego, mais especificamente lykos, que significa lobo e anthropos, que quer dizer homem. Com este termo os gregos se referiam aos doentes mentais que eles mesmos se consideravam lobos. Estes indivíduos se tornaram personagens mitológicos na literatura grega.

Uma das histórias mais conhecidas é a do rei Licaonte, o primeiro lobisomem da história. O rei governava em Arcadia e cometia todo tipo de atrocidades que finalmente chegou aos ouvidos dos deuses. Um dia Zeus foi até a corte do rei para conhecer em primeira mão a crueldade de Licaonte.

Depois de verificar que se tratava de um rei violento e sanguinário, Zeus castigou e assim transformou Licaonte em um lobo para o resto dos seus dias. Desta maneira, a punição à Licaonte é considerada o primeiro episódio das histórias de lobisomens.

O mito do lobisomem desde a antiguidade até o presente

As histórias destes seres monstruosos fazem parte da antiguidade. Por outro lado, deve-se destacar que qualquer indivíduo pode ter a fantasia de encarnar o espírito de um animal em seu interior.

Entre os gregos da antiguidade, acreditava-se que uma pessoa se tornaria um lobo para sempre se comesse carne de lobo combinada com carne humana. Durante a Idade Média houve várias execuções de supostos lobisomens.

As histórias de homens com aspecto de lobo são bem sugestivas. Estes seres têm uma força extraordinária e são capazes de gerar um medo surreal nas pessoas.

O lobisomem não é a única versão do humano e animal, pois há sirenes, centauros e sátiros. Atualmente, a combinação entre humano e animal é expressa no mundo dos super-heróis como o Homem-Aranha, o Batman e o próprio Wolverine.

No campo da Medicina

Em alguns transtornos psiquiátricos os indivíduos são convencidos a transformar-se em algum animal. Esta metamorfose é irreal, mas o paciente acredita firmemente nisso. Em termos psiquiátricos, a licantropia não se refere exclusivamente ao lobisomem, mas pode tratar-se de outro tipo de espécie animal como o cachorro ou o leão.

Consequentemente, do ponto de vista estritamente médico a licantropia tem uma explicação clínica, pois se trata de uma síndrome descrita na literatura médica e que é considerada uma ilusão psicopatológica, na qual o indivíduo tem uma percepção de si mesmo distorcida. Este delírio é conhecido como teriantropia e se refere à crença na transformação em qualquer animal. Se o indivíduo está convencido que é um lobo, trata-se de uma licantropia.

Imagem: Fotolia. rider

Relacionados:

  1. Pégaso
  2. Ambrosia
  3. Gibi
  4. Ninfas
  5. Conto de Terror
  6. Fanfic
  7. Pigmaleão
  8. Cosmogonia
  9. Ursa Maior
  10. Peripécia