Conceito » Ciência » Iridescência

Iridescência - Conceito, o que é, Significado

Ao observar uma simples bola de sabão, podemos observar uma gama de cores em seu interior. São as cores do arco-íris e este exemplo ilustra um fenômeno da natureza, a iridescência. Estamos diante de um fenômeno que ocorre com certa frequência, por exemplo, as manchas de óleo num chão molhado, quando as cores refletem em finas películas de água, ao observar as penas de um pavão real ou simplesmente quando vemos o céu depois uma tempestade e aparece o arco-íris.

O termo iridescência provém do vocábulo grego iris, que significa luz. Como muitas outras palavras, sua origem se encontra na mitologia grega (na Ilíada, Íris era uma divindade que atuava como um das mensageiras dos deuses).

Este fenômeno começou a ser entendido há cerca de 300 anos

Em um de seus experimentos, o cientista inglês Isaac Newton focou um feixe de luz sobre um prisma e observou que a luz branca é formada por cores diferentes.

Em um experimento paralelo, misturou todas as cores e assim criou uma luz branca. Desta maneira, quando um prisma refrata a luz, sua forma particular faz com que a luz seja dividida em cores. Trata-se de um fenômeno óptico que depende do ângulo de iluminação e do ângulo de observação.

A iridescência ocorre quando duas ou mais ondas de luz são agrupadas ou sobrepostas para criar uma onda de amplitude distinta.

A coloração do reino animal e vegetal se encontra relacionada a este fenômeno óptico. Neste sentido, a coloração dos elementos é resultado da ação da luz sobre a estrutura da matéria (a cor de um ser vivo nem sempre se deve aos pigmentos que possui, mas sim a sua estrutura interna).

Outros significados e abordagens

A luz pode ser explicada através de uma linguagem científica, mas também tem um valor semântico único. Pode-se dizer que serve como metáfora para explicar ideias e sentimentos (dizemos que uma pessoa que amamos é nossa luz ou comparamos a ideia de Deus com uma luz divina). Num sentido parecido, uma pessoa iridescente é aquela que tem uma luz especial. Este adjetivo é também usado para referir às pessoas com muitas dimensões em sua vida.

Para os adeptos das doutrinas apocalípticas, as nuvens de coloração iridescente trazem uma mensagem especial: anunciam a proximidade de uma catástrofe planetária.

No mundo da arte existem vários exemplos relacionados a este fenômeno óptico: há pastéis de óleo e pigmentos iridescentes com os quais é possível criar efeitos visuais originais, fotografias que imitam a ação do arco-íris, figuras geométricas decorativas, etc. Nestes casos, pode-se afirmar que a arte imita a natureza.

Imagens Fotolia: Shin727, Selena

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: