Conceito » Cultura » Hamlet

Hamlet - Conceito, o que é, Significado

Hamlet é o título de uma das tragédias mais reconhecidas pelo dramaturgo inglês William Shakespeare (1564 – 1616). Esta obra teatral foi escrita entre 1599 e 1601 durante o período isabelino e segundo a maioria dos estudos seu autor se inspirou em uma antiga lenda nórdica.

Principal ideia desta obra de referência

Hamlet é o filho do recém-falecido rei da Dinamarca, que se encontra abatido e cheio de dúvidas porque sua mãe se casou com Cláudio - o irmão do seu pai - e se tornou o novo rei. A história de Hamlet gira em torno de dois eixos: o desejo de vingança ao descobrir que Cláudio é o assassino do seu pai e as constantes dúvidas constantes que o atormentam.

Outros temas secundários

Além da sede de justiça e da dúvida existencial de Hamlet, outras questões são abordadas: a razão frente à loucura, as forças do destino opostas ao azar, o confronto entre o bem e o mal e o binômio liberdade-responsabilidade: No famoso monólogo que começa com a ilustre frase "Ser ou não ser" Hamlet expressa suas hesitações pessoais.

Análise psicológica dos personagens e de Shakespeare

Além da sua indiscutível qualidade literária, "Hamlet" provocou todo tipo de análise e avaliações. Entre elas podemos citar a análise psicológica dos personagens e do próprio William Shakespeare, um escritor cuja vida se encontra envolvida na lenda.

Hamlet é um indivíduo perturbado, pois foi destronado e viu o assassino do seu pai estabelecer um reino corrupto. É um homem abatido e decepcionado que luta internamente para saber qual deve ser o seu destino: não agir diante da injustiça e sentir-se um covarde ou lutar por suas convicções manchando as mãos de sangue.

Claudio é um homem invejoso, injusto, cheio de ambição e com uma inclinação desmedida pelo prazer e o vício

Gertrude, esposa de Cláudio e mãe de Hamlet, é uma mulher insatisfeita, pacífica e presa no conflito familiar que está vivendo, pois se encontra dividida entre o amor ao seu filho e a paixão que sente por Claudio.

Ofélia, a mulher desejada de Hamlet, é uma jovem doce que pertencente à nobreza e que sente que seu amor por Hamlet está ameaçado por pressões familiares. Polônio (pai de Ofélia e um colaborador próximo de Claudio) é um personagem que se adapta às circunstâncias, serviços e oportunismos.

Por último, os estudos realizados sobre a personalidade de Shakespeare afirmam que ele foi uma pessoa com algum transtorno psicossomático, sensível, amante da vida organizada, egocêntrico, fantasioso e com espírito pouco acolhedor.

Imagem: Fotolia. topvectors

Relacionados:

  1. Dramaturgia
  2. Filicídio – Fratricídio
  3. Citação Textual
  4. Inédito
  5. Século das Luzes
  6. Copyright (direito de autor)
  7. Massacre dos Inocentes
  8. Antiguidade Tardia
  9. Neoclássico
  10. O Grito (Arte)