Conceito » Cultura » Crisol

Crisol - Conceito, o que é, Significado

O termo crisol tem dois sentidos diferentes, um deles se trata de um artefato utilizado na fundição de metais, já o outro se refere a um conceito ligado à fusão cultural. Em relação a sua origem etimológica, provém do vocábulo em latim “cruceolum”, que significa um recipiente em forma de cruz empregado para fundir diferentes tipos de matérias em um forno a uma temperatura elevada.

Na fundição de metais

O crisol é um recipiente normalmente feito de porcelana, argila ou grafite. É utilizado no processo de fundição de alguns metais, no sector da joalharia e também em alguns laboratórios para aquecer ou fundir substâncias. Este tipo de material é utilizado porque resiste às altas temperaturas. Deve-se destacar que em alguns fornos que aquecem metais é incorporada uma cavidade para receber o metal fundido; estes fornos são conhecidos como forno de crisol.

No campo da metalurgia existem os chamados metais acrisolados, que são aqueles que adquirem uma maior pureza após serem depurados no recipiente de crisol. Por este motivo, o verbo acrisolar é usado num sentido figurado para destacar uma qualidade moral credenciada através de alguma testemunha ou prova.

Crisol de culturas

Em alguns lugares as pessoas formam um grupo homogêneo, pois são da mesma raça, falam o mesmo idioma e compartilham das mesmas crenças. No entanto, em outros lugares há um mistura de tendências, valores e línguas.

Quando isso acontece se fala de uma fusão cultural. Este fenômeno é bastante comum em algumas grandes cidades do mundo, como São Paulo, Londres, Buenos Aires, Barcelona, Paris ou Nova York. Todas elas formam um crisol porque há um grupo homogêneo entre elas, mesmo a sociedade sendo diversificada em todos os sentidos (moda, gastronomia, festas populares, tendências artísticas, etc.).

O rótulo “crisol de culturas” é sinônimo de liberdade e diversidade. Em certas ocasiões são empregados termos semelhantes como “crisol de línguas” ou “crisol de raças”.

A cidade de São Paulo

A cidade mais populosa do Brasil é um claro exemplo de crisol cultural. A partir dos movimentos imigratórios ao longo do tempo, São Paulo recebeu nativos de varios paises como italianos, alemães, espanhois, japonees, sírios, libaneses, chineses, de varios outros estados brasileiros bem como do interior do estado. Este fenômeno pode ser traduzido como uma miscigenação cultural.

Imagens: Fotolia. Arsel - Rider

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: