Sinceridade - Conceito, o que é, Significado

Quando uma pessoa diz diariamente a verdade, afirmamos que ela é sincera. Desta forma, a sinceridade como substantivo indica a veracidade de algo, ou seja, que as palavras ditas e as atitudes manifestadas não são falsas.

O termo sinceridade vem do latim sinceritas e é considerada uma qualidade, uma virtude moral. Trata-se de um hábito, portanto, quem tem esta atitude não consegue esconder uma informação aos demais. Na maioria das culturas, valoriza-se o fato de dizer a verdade, pois o contrario é sinônimo de manipulação ou mentira.

A sinceridade é um valor moral em alguns aspectos

As diversas abordagens éticas, religiosas e culturais reconhecem a conveniência social da sinceridade. A penalização ocorre por causa de um comportamento oposto. Desta maneira, o mentiroso é desprezado pelos demais por gerar desconfiança. Por outro lado, esperamos que as pessoas digam sempre a verdade na maioria das vezes. Se aceitássemos que as pessoas mentissem a convivência se tornaria muito difícil. Porém, o ser humano não tem garantia em relação à sinceridade dos demais, devido a isso, são criadas medidas para garantir o cumprimento dos acordos e dos pactos (por exemplo, através de contratos legais) ou fórmulas para forçar o cumprimento da palavra (juramentos e promessas). Na comunicação ordinária exigimos aos demais que sejam sinceros conosco (por exemplo, quando pedimos a alguém para dizer a verdade).

A sinceridade é indiscutivelmente um bem moral, mas isto não significa que sempre seja conveniente dizer a verdade. Em certas ocasiões, a verdade pode ser ofensiva, prejudicial ou nociva. Consequentemente, as atitudes sinceras não são necessariamente válidas em todos os casos. De fato, não dizemos sempre o que pensamos, pois sabemos que pode resultar em muitos inconvenientes do ponto de vista social.

Ao refletir sobre a sinceridade nos deparamos com um conceito complexo que acaba criando dúvidas, dos quais podemos expressar com algumas perguntas:

Devemos ser sempre sinceros? É útil a sinceridade? É legal mentir? Devemos confiar nos outros?

A sinceridade não está isenta de paradoxos lógicos e semânticos. De fato, quando alguém diz que mente, sua mentira será verdadeira (ao dizer que mente está dizendo a verdade), ao mesmo tempo, se dissesse a verdade estaria mentindo, pois afirmou que mente. Outro exemplo paradoxo seria o seguinte: se um madrilenho diz “todos os madrilenhos são mentirosos”, o madrilenho que afirma isso não é um mentiroso.

Imagem: iStock. guskovanatalia

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: