Conceito » História » Contrarreforma

Contrarreforma - Conceito, o que é, Significado

A partir do início do século XVI, na Europa, a Igreja Católica começou a enfraquecer com o surgimento do cisma protestante. Desta maneira, a Reforma de Lutero, o Calvinismo e a Igreja Anglicana promovida por Enrique VIII da Inglaterra foram os três movimentos religiosos que se opunham à hegemonia do catolicismo na Europa. Em resposta, os católicos promoveram uma reação que entrou para a história como a Contrarreforma ou Reforma Católica.

A reação contra os protestantes

A Igreja Católica se viu obrigada a reconstruir-se de maneira doutrinal e espiritualmente frente às novas correntes cristãs. Neste sentido, a Contrarreforma é uma reação contra a Reforma protestante.

Os católicos não aceitavam as doutrinas protestantes de Lutero (a livre interpretação dos evangelhos, a rejeição ao culto à Virgem Maria ou a qualquer outro Santo, a oposição à ostentação nas igrejas e a não aceitação do purgatório).

Pilares da Contrarreforma

Para reorganizar a Igreja Católica e combater as heresias reformistas, entre 1545 e 1563, convocou-se o Concílio de Trento. As principais conclusões do Concílio foram os seguintes:

1) as escrituras sagradas deviam ser interpretadas segundo a tradição da igreja e não livremente como propunham os protestantes;

2) os dogmas foram fixados (especialmente o dogma da Trindade e do livre arbítrio dos seres humanos para escolher entre o bem e o mal);

3) para conseguir a salvação é necessária a fé e levar uma vida cristã baseada nas boas ações;

4) os religiosos tinham que viver em comunidade e não podiam acumular bens;

5) ocorreu uma reforma nas ordens religiosas.

Além das novas propostas do Concílio, a Igreja Católica promoveu a formação de novas ordens. Neste sentido, fundou-se a Ordem dos Capuchinhos, a Companhia de Jesus, entre outras. Os jesuítas foram o braço ideológico e espiritual para opor-se ao Protestantismo (várias missões foram fundadas em todo o mundo para promover a fé católica).

A partir da Contrarreforma se consolidou o Tribunal do Santo Ofício na Espanha (a Inquisição). Esta instituição tinha uma dupla finalidade: combater as heresias cristãs e enfraquecer a fé judaica e muçulmana na Espanha.

A intolerância religiosa na Espanha foi uma das consequências da Contrarreforma

A Inquisição espanhola combateu energicamente qualquer doutrina religiosa oposta a oficial. Assim, os espanhóis não podiam estudar no exterior, em toda a sociedade se respirava uma atmosfera opressiva e a partir de 1551 se promulgou o índice de livros proibidos.

Imagem: Fotolia. M-SUR

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: