Procrastinação - Conceito, o que é, Significado

A palavra procrastinação é um cultismo que não faz parte da linguagem cotidiana. Este termo provém do latim e é formado pelo prefixo pro, que quer dizer para frente, e pelo advérbio cras, que significa amanhã. Portanto, a ação de procrastinar consiste em deixar para amanhã ou para depois uma obrigação a cumprir. Em outras palavras, significa não fazer algo por preguiça ou substituir uma obrigação por alguma diversão prazerosa.

Exemplos habituais de procrastinação

Seja num grau maior ou menor, todas as pessoas procrastinam, portanto, deixam de cumprir com suas obrigações em alguns momentos. Este fenômeno pode ser apresentado de várias maneiras:

- Quando sabemos que temos questões burocráticas a cumprir, mas deixamos para depois;

- Quando utilizamos qualquer tipo de desculpa para não assumir certas tarefas, por exemplo, atividades relacionadas ao estudo, ao trabalho ou do lar.

- Quando decidimos postergar uma obrigação por considerar estressante ou prejudicial por algum motivo, por exemplo, a pessoa sabe que precisa ir ao dentista, mas como essa ideia lhe causa mal-estar, decide não ir.

A procrastinação geralmente tem um grau moderado, mas em alguns casos pode tornar-se um problema de certa gravidade.

Vamos imaginar que uma pessoa tem o hábito de adiar suas obrigações. Naturalmente, esse hábito vai trazer consequências muito negativas, uma vez que as obrigações não cumpridas vêm acompanhadas de sanções, multas e inconvenientes, enfim, problemas de todos os tipos.

Conselhos para evitar a procrastinação

- Evitar as comidas fora de hora (a comida é uma tentação e uma boa desculpa para perder o tempo);

- Afastar-se do celular ou de qualquer objeto que possa distrair das responsabilidades;

- Dormir cedo, pois assim é mais fácil madrugar e realizar tudo o que havia previsto;

- Utilizar “post it” em lugares visíveis para especificar as tarefas que devem ser realizadas (esta forma de lembrete é uma estratégia para não enganar-se e recordar das obrigações);

- Realizar as atividades diárias (estudo ou trabalho) com breves intervalos de descanso;

- Utilizar algum sistema organizativo, por exemplo, anotar em uma agenda as tarefas de cada dia;

- Motivar-se para não cair em nenhuma tentação e distrair das responsabilidades.

Imagem: Fotolia. anastasiapelikh

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: