Conceito » Ciência » Hominização

Hominização - Conceito, o que é, Significado

Aproximadamente há 10 milhões de anos alguns primatas começaram a andar. Este avanço da anatomia foi um primeiro passo para o surgimento do homo sapiens como espécie.

O processo de hominização é o relato através da qual podemos compreender como o ser humano se tornou um primata mais avançado.

O homem que existe atualmente, independentemente de sua aparência, é resultado de um longo processo de evolução. Este processo é conhecido como hominização.

Quando começou a caminhar com as duas pernas e desistiu de usar os braços como apoio, passou a deixar as mãos livres

Graças a isso, os seres humanos começaram a utilizar as mãos para todo tipo de atividade: para pegar os alimentos, manipular pedras ou transportar objetos. Isto fez com que a mandíbula ficasse enfraquecida, pois já não precisava mais dos dentes afiados para quebrar os alimentos e mastigá-los. A mudança na mandíbula fez com que o crânio se desenvolvesse mais.

Com um crânio maior, nosso cérebro aumentou de tamanho e devido a isso somos mais inteligentes que o resto dos primatas.

Enfim, com a mudança do bipedismo, as mãos ficaram mais livres e pôde desencadear um aumento da massa cerebral e da inteligência.

O conceito hominização também deve ser entendido em relação a todas as características fisiológicas do homo sapiens. Assim, o homem tem uma coluna vertebral forte e uma linha reta das pernas, sendo estas mais compridas que os braços e com pés que suportam o peso de todo o corpo. Todas estas características morfológicas não se encontram como o resto dos antropoides e por este motivo o homo sapiens é uma espécie única.

O processo de hominização se refere às transformações fisiológicas do homo sapiens, mas a transformação absoluta aconteceu com o surgimento da linguagem

Com um cérebro mais potente já tínhamos as condições necessárias para criar algo totalmente novo em relação aos nossos parentes primatas. E este algo foi a linguagem humana. A invenção da linguagem humanizou definitivamente o homem. É por este motivo que os antropólogos falam do processo de humanização, a fase evolutiva que complementa o processo de hominização.

A partir da invenção da linguagem o homem foi articulando uma nova dimensão da existência. Já podia dizer o que estava pensando sem a necessidade de usar as mãos ou os gestos faciais. Com a comunicação humana teve início a civilização.

Imagem: Fotolia. tigatelu

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: