Conceito » Ciência » Criônica (Criogenizar)

Criônica (Criogenizar) - Conceito, o que é, Significado

A vida eterna e o anseio pela eterna juventude é uma preocupação humana que está relacionada com a promessa da ressurreição de algumas doutrinas religiosas, com a transmigração da alma no campo da filosofia e a alquimia medieval.

No século XXI, mantemos o mesmo desejo, mas agora com uma abordagem mais ou menos científica, a criônica. Consiste, em poucas palavras, em congelar uma pessoa morta com o fim de reanimá-la num futuro próximo, assim que a tecnologia contar com as ferramentas adequadas para este propósito.

A morte pode ser superada?

Esta questão gera uma controvérsia lógica. Muitos acreditam que o fim da vida deve ser aceito como algo inevitável e que o processo natural que conduz à morte não deve ser alterado. Em compensação, outros entendem que a luta contra o envelhecimento e a própria morte são totalmente legítimas.

A criônica é um ramo da criobiologia que consiste na preservação de seres vivos em cápsulas a temperaturas extremamente baixas.

Através deste procedimento, todos os órgãos vitais se mantêm intactos até que seja possível a reanimação do organismo vivo.

Do ponto de vista científico, já existem provas irrefutáveis sobre esta questão: alguns peixes que vivem nas águas da Antártida têm proteínas anticongelantes em seu sangue que impedem a deterioração dos tecidos, por outro lado, já é possível a criopreservação de algumas estruturas celulares e dos tecidos simples. Estas evidências constituem o fundamento teórico que permite afirmar que a crionização dos seres humanos tem sentido.

Na atualidade já existem empresas que oferecem estes serviços (por exemplo, a Kriorus na Rússia e a corporação Alcor nos Estados Unidos). Nestes projetos, o cliente falecido é submetido a baixas temperaturas em recipientes de nitrogênio para que no futuro a tecnologia permita que o mesmo "ressuscite" ou implante seu cérebro revivido em um corpo diferente.

Os defensores da crionização afirmam que os avanços na nanotecnologia, na engenharia genética e medicina permitirão que no futuro se alcance a vida eterna tão desejada. Por outro lado, argumentam que a ficção científica do presente pode acabar tornando-se uma realidade no futuro.

Críticas à criônica

Os opositores à crionização apresentam vários argumentos. Em primeiro lugar, afirmam que o ser humano não pode tornar-se um Deus que altera a ordem natural da vida.

Em segundo lugar, os empresários relacionados a este negócio são considerados simples fraudadores que se aproveitam da ilusão da imortalidade.

Em terceiro lugar, os detratores enfatizam um aspecto: nenhum ser vivo pode sobreviver a um congelamento, uma vez que as células são destruídas pelo efeito do frio (neste sentido, os peixes com anticongelante são uma exceção a esta regra geral).

Por último, as técnicas de crionização são avaliadas como ficção científica e não há garantia de que as células cerebrais possam ser reativadas.

Imagem Fotolia: Macrovector

Relacionados:

  1. Ambrosia
  2. Elixir
  3. Metempsicose
  4. Livro dos Mortos
  5. Imortalidade
  6. Livro da Vida
  7. Gerascofobia
  8. Morte Civil
  9. Frivolidade
  10. Teleologismo