Conceito » Aprender » Cenotáfio

Cenotáfio - Conceito, o que é, Significado

Como muitas outras palavras, o cenotáfio provém do grego. Está formado pela raiz kenos, que significa vazio, e por taphos, que significa túmulo. Portanto, um cenotáfio é um túmulo em que não há uma pessoa falecida.

Em muitos panteões nacionais de todo o mundo existem algumas modalidade deste tipo de enterro, já que os túmulos de personalidades famosas têm simplesmente um valor simbólico e não incorporam o cadáver do ilustre indivíduo.

O importante destes túmulos é o sentido honorífico e a memória da pessoa, independentemente de onde se encontram seus autênticos restos.

Os primeiros cenotáfios estão situados historicamente no Egito Antigo e, desde então, estas construções simbólicas estão presentes em todas as civilizações, especialmente para lembrar os mortos nas guerras ou honrar a memória de alguma personalidade ilustre.

Ilustres cenotáfios

O poeta italiano Dante Alighieri tem um túmulo honroso na Igreja Santa Croce de Florença, já que seu verdadeiro túmulo se encontra na cidade de Ravena.

Os inúmeros túmulos dedicados aos soldados desconhecidos são também exemplos de cenotáfios. Um grande número de faraós do Egito Antigo é lembrado neste tipo de enterro.

Na cidade de Jaisalmer, na Índia, há um enterro coletivo chamado Bada Bahg, sendo que este tipo de funerário trata de construções simbólicas. Neste sentido, possuem a aparência de túmulos, mas na realidade os cadáveres foram cremados e suas cinzas lançadas no rio.

Na cidade de Madrid existe um monumento que lembra os heróis nacionais que resistiram ao ataque dos franceses durante o episódio de 2 de maio de 1808. Na Argentina há um monumento parecido para recordar os mortos na Guerra das Malvinas em 1982.

Cenotáfio, epitáfio e outras palavras relacionadas à morte

O cenotáfio e o epitáfio compartilham o vocábulo grego taphos. Assim, um cenotáfio indica que o túmulo está vazio, já o epitáfio se trata de uma inscrição no túmulo que se destina para honrar o defunto. Em ambos os casos há um componente de respeito com a pessoa falecida.

Existem epitáfios para todos os gostos. Os irônicos “Desculpe, que não me levanto” de Groucho Marx; os poéticos “O céu estrelado sobre mim” e "A lei moral em mim" de Immanuel Kant, e os emotivos "Nos veremos na próxima vida, baby" e “Não demore” de Jimi Hendrix.

No contexto das fixações sexuais ou parafilias existe a necrofilia, que consiste em obter prazer sexual com os cadáveres.

Por último, a tanatologia é a disciplina que estuda tudo o que está relacionado com a morte.

Imagem: Fotolia. ChiccoDodiFC

Relacionados:

  1. Prócer
  2. Cripta
  3. Autópsia
  4. Grande Pirâmide de Gizé
  5. Método de Loci
  6. Respeito
  7. Domingo de Ramos
  8. Múmia
  9. Mnemotecnia
  10. As Sete Maravilhas do Mundo Antigo