Conceito » Ecología » Arbusto

Arbusto - Conceito, o que é, Significado

Ao observar a vegetação, observa-se que existe uma grande quantidade de espécies. Uma forma de classificá-las é a partir do seu tamanho. De menor para o maior há ervas, matas, arbustos e árvores. Quando o arbusto faz parte de uma paisagem criada em conjunto, emprega-se o termo matagal.

O arbusto é uma planta lenhosa semelhante a uma árvore, mas de tamanho menor. O arbusto é formado por vários troncos que formam uma estrutura ramificada, ao contrário da árvore que tem um único tronco.

Os arbustos mais conhecidos são: hortênsia, louro, alecrim, lavanda, camélia, tomilho e o orégano

Os mais variados contextos relacionados aos arbustos

Alguns deles são usados frequentemente na elaboração de alimentos como condimentos aromáticos. Assim, esta planta está presente nas diferentes tradições culinárias do planeta, uma vez que suas folhas enriquecem o sabor dos pratos.

Certos arbustos são usados como matéria-prima na cosmética e na perfumaria. No mundo da beleza baseada em ingredientes naturais, há arbustos cujas folhas ou flores são muito apreciados. Existem vários tipos: a hena, que serve para tingir os cabelos e assim evitar produtos com excesso de química; a estévia que elabora cremes para manter a textura da pele; e a jara esteva, utilizada na fabricação de sabão.

O arbusto pode ser usado como elemento decorativo em áreas urbanas ou em jardins particulares

Seu uso ornamental tem uma razão lógica, já que se trata de uma planta resistente e que facilmente se adapta a climas muito diferentes. Na verdade, exige uma menor manutenção do que as plantas vivazes.

Durante milhares de anos, o ser humano consumiu fármacos para curar as doenças. Assim recorriam à natureza e os arbustos eram admirados pela medicina tradicional.

Neste contexto, os exemplos podem ser inúmeros: o mata-pasto é eficaz para curar a micose, a folha de coca é usada contra o mal-estar na altitude e para curar problemas intestinais, além do poejo como infusão que serve para aliviar o mal-estar estomacal.

Enfim, pode-se afirmar que a aparência pequena de um arbusto normalmente nos engana. Sua presença na paisagem não é tão imponente como a de algumas árvores majestosas, mas é uma planta que faz parte dos pratos consumidos, da decoração que nos rodeia, de alguns produtos que usamos e da cura de certas doenças.

Imagens: iStock. fotolinchen / mtreasure

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: