Verbos no Infinitivo - Conceito, o que é, Significado

Verbos no Infinitivo

Os verbos no infinitivo são aqueles utilizados para definir uma ação sem a informação de um número, pessoa ou tempo. Portanto, esses verbos expressam a ação de forma genérica sem entrar nas particularidades das circunstâncias de cada ação.

O infinitivo é uma das formas não pessoais do verbo – junto com o particípio e o gerúndio – que dentro de uma oração pode realizar um grande número de funções. Assim, um verbo no infinito, além da sua própria função de verbo, pode atuar como sujeito, predicado nominal, complemento nominal, complemento verbal, advérbio, complemento do adjetivo, complemento circunstancial, complemento direto e complemento do advérbio, dependendo da estrutura da frase.

No português, os verbos no infinitivo são classificados em função da sua terminação, em verbos na primeira, segunda e terceira conjugação.

Os verbos da primeira conjugação são aqueles cuja terminação acabam em –ar: saltar, dançar, cantar, viajar, trabalhar, etc.

Os verbos terminados em –er são correspondentes à segunda conjugação: correr, beber, comer, ter, perceber, etc.

Por último, a terceira conjugação corresponde aos verbos cuja terminação acabam em –ir: partir, abrir, dormir, sair, fugir, etc.

Outra classificação em relação aos verbos no infinitivo é a sua divisão em infinitivo simples e infinitivo composto. O infinito simples corresponde aos verbos no infinitivo de uma só palavra, enquanto que o infinitivo composto precisa de um verbo auxiliar “ter” ou “haver” mais um particípio.

Infinitivo simples: comer

Infinitivo composto: ter comido

Usos incorretos dos verbos no infinitivo

Apesar da grande variedade de usos que o infinitivo proporciona à linguagem – ou talvez por isso – é comum observar que em certas ocasiões esta forma verbal é utilizada de maneira equivocada.

Entre os mais frequentes podemos destacar os seguintes:

Infinitivo introdutório: iniciar a frase no infinito, por exemplo: “Destacar que a atuação foi um sucesso”, quando que a forma correta seria “Deve-se destacar que a atuação foi um sucesso”.

Infinito por imperativo: “Pegar as mochilas e ir embora” no lugar de “Pegue as mochilas e vá embora”.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: