Reprodução Assistida - Conceito, o que é, Significado

Reproducao-AssistidaA reprodução sexual humana, em algumas ocasiões, apresenta dificuldades que impedem a fecundação natural. Existem diversas causas que podem explicar estas dificuldades: endurecimento da membrana que recobre o óvulo da mulher ou um número limitado de espermatozoides de um homem. Este tipo de circunstância e suas limitações naturais faz com que seja necessário recorrer a um procedimento artificial: a reprodução assistida, mais conhecida como inseminação artificial.

O propósito da reprodução assistida pode ser definido, em poucas palavras, ajudar a própria biologia humana a conseguir criar uma nova vida.

Técnicas de reprodução assistida

O casal que tem dificuldades com a procriação pode recorrer a duas técnicas de reprodução assistida: a inseminação artificial e a fecundação in vitro.

A inseminação artificial consiste basicamente em adiantar ou abrir caminhos para os espermatozoides. Isto quer dizer que, ao invés dos espermatozoides chegarem sozinhos ao colo do útero, eles são introduzidos no interior do útero, deixando-os o mais próximo possível das trompas de Falópio com a finalidade de fazer seu percurso normal e sem dificuldades, facilitando a gravidez da mulher. Nesta técnica, o esperma do homem é recolhido previamente e tratado com uma série de substâncias para otimizar seu êxito na fecundação.

Na fase definitiva, o esperma é introduzido em uma cânula e depositado no interior da vagina da mulher através do colo do útero, onde ser espera que aconteça a fecundação. Em relação à inseminação artificial, este é um processo que também é realizado em algumas espécies animais, por exemplo, para otimizar determinada raça.

A fecundação in vitro recebe este nome devido à união do óvulo com o espermatozoide realizado fora do corpo da mulher

Esta técnica é baseada na obtenção de mais de um óvulo para aumentar as possibilidades de fecundação, obrigando o ovário a produzir mais de um óvulo através de um tratamento hormonal.

Quando o ovário já possui os hormônios suficientes, são extraídos os seus óvulos. Posteriormente, juntam-se os espermatozoides com os óvulos em uma incubadora em determinada temperatura, assim, os óvulos fecundados se transformam em embriões. Uma vez obtidos os embriões, estes são introduzidos na vagina da mulher à espera da gravidez.

Imagem: iStock. splendens

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: