Repescagem - Conceito, o que é, Significado

O termo repescagem faz parte da terminologia própria do futebol, mais especificamente daquele praticado na América Latina. A repescagem é um sistema de qualificação em uma competição com várias equipes que tentam uma vaga, por exemplo, na Copa do Mundo. Nas partidas, cada equipe pode passar a fase de eliminatórias de duas maneiras: de forma direta porque conseguiu os pontos suficientes ou jogando a repescagem, ou seja, é a última oportunidade que as equipes têm de se enfrentar e assim o vencedor tem a possibilidade de poder passar à próxima fase.

Desta forma, dentro da linguagem futebolística costuma-se dizer, por exemplo: “O Uruguai está na repescagem”. Esta frase indica que a seleção desse país não tem garantia definida da sua classificação e precisa jogar uma partida para decidir sua permanência ou eliminação do campeonato.

Enquanto a palavra repescagem é empregada no Brasil, em toda a América Latina se usa o termo repechaje e na Espanha utiliza-se a palavra repesca. Neste sentido, as duas últimas também são válidas e estão inclusas na RAE. No entanto, quando um espanhol escuta a palavra repescagem pela primeira vez é bem provável que ele não entenda o seu significado.

A repescagem como sistema de classificação existe também em outros esportes, especialmente no tênis (no campeonato internacional conhecido como Copa Davis) ou em algumas competições de beisebol.

Não há um único sistema de repescagem, uma vez que existem outras fórmulas tais como as modalidades completas e a eliminação de duas ou três equipes que poderiam ser finalistas.

Confusões com o idioma

A maioria dos idiomas apresentam modalidades diferentes. No caso do espanhol existem termos muitos diferentes para cada país. Existem os americanismos próprios de cada nação e, por outro lado, os termos próprios da Espanha. Esta diversidade é enriquecedora, mas em algumas ocasiões pode criar confusão. Na linguagem comum há diversas curiosidades (um graduado pode ser chamado de licenciado, um contador de contabilista, entre outros). Estas diferenças são estudadas por filósofos e se referem aos americanismos e aos espanholismos.

A terminologia futebolística no Brasil, na América Latina e na Espanha

O mundo do futebol apresenta um vocabulário bem amplo e diversificado: termos específicos próprios do inglês (como fútbol, corner ou offside), expressões, frases feitas e metáforas. Em cada país são utilizados termos bem particulares, neste sentido, podemos comparar o futebol desses países. Um brasileiro é torcedor, um argentino é um hincha e um espanhol é um aficionado; consequentemente o gol é um arco e também uma porteria; driblar equivale a gambetear e regatear; e o goleiro significa um arquero ou portero respectivamente.

Imagem: iStock. rilueda

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: