Conceito » Educação » Prudência

Prudência - Conceito, o que é, Significado

PrudenciaA prudência é a capacidade que algumas pessoas têm de analisar as variáveis existentes e avaliar suas possíveis consequências antes de adotar uma decisão. Normalmente é sinônimo de sensatez, moderação, cautela, maturidade e reflexão.

Um valor pessoal

Muitos pensadores se referem à prudência como uma das grandes virtudes do ser humano. Trata-se de um valor difícil de forjar e que não se consegue por mera aparência, mas que está intimamente relacionado à forma de agir nos dias de hoje. É muito difícil manter a calma e ter um momento de reflexão antes de adotar qualquer tipo de decisão. A maioria dos erros cometidos está associada à falta de prudência. A precipitação, a submissão às emoções, o mau humor e a percepção de forma equivocada da realidade são sem dúvida o berço para inúmeros desacertos.

Assim mesmo, a prudência não elimina a possibilidade de erro. Na verdade, esta qualidade é consolidada em base nos inúmeros erros do passado. Aquele que, ao mesmo tempo, tem a capacidade de aprender com os erros obtêm no final uma valiosa recompensa. Assim, esta qualidade anima as pessoas a analisar e valorizar certos aspectos que em situações anteriores deixaram passar despercebidas com graves consequências.

A prudência e Aristóteles

Até a chegada de Aristóteles, os grandes filósofos como Platão e Sócrates sempre haviam falado da prudência como um conceito equivalente à sabedoria. Melhor dizendo, que a prudência não era nada mais do que o reflexo da sabedoria. Entretanto, Aristóteles incluiu um novo aspecto a esta linha de pensamento. Segundo sua explicação, a prudência é uma manifestação do conhecimento, assim como a própria virtude de uma das partes da alma racional.

Apesar disso, Aristóteles não se refere à prudência apenas como uma ciência ou arte, mas explica em sua obra Ética a Nicômaco que a prudência é compreendida como uma representação do correto, do lógico e do real, assim como diferenciando o certo do errado.

Portanto, a prudência está focada nos assuntos humanos como também na reflexão dos aspectos que possibilitam uma deliberação. Desta forma, Aristóteles indica a diferença entre o indivíduo prudente e os demais por causa da capacidade de deliberação que leva a discernir a melhor opção para o momento.

Imagem: iStock. kupicoo

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: