Conceito » Alimentação » Pomelo

Pomelo - Conceito, o que é, Significado

O pomelo (significado em espanhol) é o nome de uma fruta conhecida pela árvore toranja (citrus x paradisi) e também conhecida como grapefruit em inglês. É um cítrico de forma redonda e cor amarela cujo sabor é predominantemente azedo, além disso, o pomelo é consumido mais como suco do que como fruta.

Muitos naturalistas situam a origem do pomelo como um híbrido produzido de forma espontânea nas plantações do Caribe durante o século XII entre a laranja-doce e a pampelmusa.

Propriedades do pomelo

O pomelo é conhecido por seu alto conteúdo de vitaminas e nutrientes, assim como pelo seu poder diurético, o que leva a ser um alimento habitual de muitas dietas de emagrecimento. Seu menor conteúdo calórico em comparação a outros cítricos, assim como seu alto conteúdo de água, dotam esse fruto de grande capacidade para provocar sensação de saciedade no estômago.

Sua composição nutricional se destaca pela grande concentração de vitamina C, ácido fólico e carotenoides antioxidantes. Ainda mais, deve-se somar a presença de minerais como o potássio e o magnésio, além de certos ácidos como o málico, o oxálico e o tartárico.

Apesar de ser apreciado por suas qualidades de complemento emagrecedor é totalmente desaconselhável para ser utilizado como único ingrediente de uma dieta, pois este tipo de alimentação é muito desequilibrado, podendo provocar fortes carências nutricionais.

Contraindicações do pomelo

O consumo do pomelo é contraindicado para pessoas que se encontram em determinados tratamentos médicos, uma vez que os flavonoides contidos nesse cítrico impedem que alguns medicamentos sejam eliminados corretamente após sua metabolização, acumulando-se na corrente sanguínea. Isso faz com uma dose normal do medicamento tenha um efeito intensificado podendo chegar, em alguns casos, a uma sobredose.

Entre os medicamentos que deixaram comprovados que o pomelo pode interferir em sua correta eliminação estão os anti-histamínicos, corticoides, antibióticos e ansiolíticos, assim como os medicamentos para o colesterol, hipertensão, entre outros. É por isso que as pessoas que seguem alguns tratamentos devem consultar um médico de confiança para saber se podem incluir o pomelo em sua alimentação diária.

Um exemplo desse tipo são os pacientes que fazem tratamento de quimioterapia, pois num desses medicamentos que utilizam habitualmente está o docetaxel, totalmente influenciado pelo pomelo, podendo causar graves consequências no paciente se não eliminar esse fruto da dieta.

Imagem: iStock. Devrim_Pinar

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: