Indicadores - Conceito, o que é, Significado

O termo indicadores se refere aos elementos que têm como objetivo apontar ou mostrar algo. Trata-se de um instrumento físico como uma placa de trânsito ou o ponteiro de um relógio, mas que também podem ser dados abstratos que contenham informações para ajudar a determinar uma série de avaliações sobre um acontecimento específico ou até mesmo ser uma evolução no futuro.

Atributos que devem ter um bom indicador

Um indicador, por sua própria natureza, é um instrumento projetado para fornecer informação, portanto, a fiabilidade desta informação será definida como precisa pela mostra do indicador. Por isso, podemos entender que quanto melhor for o indicador, mas precisa e confiável será a informação proporcionada.

Os bons indicadores são aqueles que compreendem o maior número possível de atributos ou características, entre os quais podemos destacar:

- A elaboração não deve ser excessivamente complexa;

- Os dados usados para elaborar o indicador devem ser facilmente acessíveis, sem apresentar nenhum tipo de restrição;

- Trazer informação útil sobre o fenômeno que se quer medir;

- São específicos. A informação é proporcionada sobre um fenômeno concreto;

- São utilizadas fontes de informação que devem estar plenamente confiáveis;

- São sensíveis. Possuem capacidade para identificar certas anomalias através de estudos específicos;

- Devem ser globais. Precisam alcançar o máximo possível, incluindo em sua construção o maior número de fatores e condicionantes que tenham influência no fenômeno que pretendem estudar.

Indicadores econômicos

Embora, praticamente, os indicadores sejam usados para qualquer campo de estudo, o certo é que nos últimos anos sua presença se encontra mais habitual na área econômica.

Os indicadores econômicos não deixam de ser indicadores estatísticos que servem para estudar a evolução de algumas variáveis macro e microeconômicas, com reflexo nas taxas de crescimento assim como nas tendências passadas e futuras. Os mais comuns são aqueles que se referem à taxa de emprego, inflação, balança comercial e produtiva.

É possível sua divisão em dois grandes grupos: os indicadores quantitativos e os indicadores qualitativos

Os indicadores quantitativos expressam medidas de quantidades, tais como o produto interno bruto, o investimento produtivo e a economia das famílias. Enquanto que os indicadores qualitativos se baseiam em pesquisas e entrevistas para saber o grau de confiança do povo em relação às medidas do governo.

Imagem: 1.iStock. Stevecole, 2.Fotolia. Alexey Bannykh

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: