Democracia Representativa - Conceito, o que é, Significado

A democracia representativa é uma forma de governo na qual o povo tem o poder político, mas de forma indireta já que exerce esse papel através de alguns representantes escolhidos democraticamente por meio de eleições livres. É por isso que também é conhecida como uma democracia indireta.

Em geral, a eleição dos representantes do povo é realizada através de uma votação a organizações que defendem certos ideais e modelos políticos. Estas organizações são os partidos políticos.

Entretanto, cada partido tem seu próprio mecanismo organizativo interno, assim quando o povo vota por um partido qualquer não significa que ele escolhe os representantes concretos, mas sim por um programa que este partido defende.

A organização interna dos partidos determina a ordem dos representantes, portanto, o maior ou menor apoio que cada partido recebe nas urnas é determinante para identificar os membros que se tornarão representantes do povo.

Vantagens e desvantagens da democracia representativa

A democracia representativa, como qualquer outra forma de governo, tem seus prós e contras. Entre suas vantagens, vale destacar que a tomada de decisões é muito mais simples do que no caso da democracia direta, pois esta conta apenas com a opinião de alguns especialistas e não com a de milhares de pessoas que compõem um país.

Por outro lado, embora o poder esteja na mão do povo com a democracia representativa, ele delega seu exercício aos cidadãos mais preparados e com mais experiência na hora de tomar as decisões cabíveis. Além disso, mesmo sem exercer o poder de forma pessoal, o povo busca satisfazer os objetivos em pró do bem comum de todos.

Porém, a democracia representativa apresenta também uma série de desvantagens, por exemplo, o fato de o poder estar na mão de poucos representantes é mais fácil manipulá-los para buscar satisfazer determinados interesses. Os casos de corrupção, muitas vezes, aparecem em maior proporção com este tipo de sistema representativo, já que em certas ocasiões muitos políticos antepõem os interesses políticos de grupos econômicos frente ao bem comum, chegando inclusive a prejudicar o povo que na teoria deveria defender.

O fato é que apenas uma minoria dos representantes políticos é responsável por adotar as decisões de todo um grupo, ou seja, de todo um povo. Em muitos casos, a perspectiva vai se perdendo assim como o contato com a realidade, uma vez que é impossível conhecer detalhadamente todos os problemas existentes.

Imagem: iStock. ventdusud

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: