Delatar - Conceito, o que é, Significado

DelatarO conceito delatar provém do latim, mais especificamente do termo delatum, que dizer acusado ou denunciado.

Delatar alguém perante a justiça

Quando uma pessoa comete alguma ação criminosa, ela pode ser delatada à polícia, ou seja, ser acusada de cometer algum crime e assim ser colocada à disposição da justiça. Aquele que cumpre com este tipo de ação é chamado de delator. Do ponto de vista legal, o delator é aquele que colabora com a justiça. Porém, sob a ótica de uma quadrilha, o delator é um informante ou traidor, uma vez que acusa seus companheiros normalmente para obter algum benefício na hora de ser julgado.

A delação é precisamente a ação de delatar alguém, portanto equivale a uma acusação ou denúncia. Normalmente, a delação é recebida por uma denúncia anônima. Neste sentido, alguns países colocam em prática programas de denúncia para combater o crime organizado, de maneira que convida os delinquentes a facilitar informações sobre sua própria quadrilha.

Delatar alguém, um dilema ético

Vamos imaginar que uma pessoa tem como amigos um casal e um dos membros é infiel ao outro. Neste caso, poderíamos perguntar o que a pessoa que conhece o sujeito infiel e é amigo do casal pode fazer. Com este exemplo, o fato de delatar o outro pode ser considerado um autêntico dilema moral, mas não é fácil chegar a uma solução definitiva sobre qual seria a melhor conduta a tomar.

Delatar um vizinho ou um colega de trabalho por alguma irregularidade é uma decisão problemática. Se decidir não delatar pode tornar-se cúmplice de uma ação ilícita ou até mesmo criminal. Em contrapartida, se tomar a decisão de fazer a acusação é bem provável que ocorra algum conflito pessoal.

Revelar algo que permanece oculto

Delatar significa colocar em evidência algo que não está claro e que permanece escondido de alguma maneira. Quando uma pessoa afirma “seu olhar te delata” indica que a forma de olhar desta pessoa expressa algo oculto, estranho ou suspeito.

Quando a polícia busca provas acusatórias em relação a um crime, ela tenta decifrar certos dados e para isso observa qualquer aspecto que possa servir para delatar ou acusar alguém. Há pequenos gestos ou atitudes que servem para delatar um suposto criminoso: não olhar nos olhos, suar em excesso, dar respostas evasivas e ter atitude ambígua.

Já quando mentimos, não queremos que essa mentira seja detectada pelos demais e assim adotamos algum tipo de estratégia para dissimular. E finalmente para dissimular de maneira eficaz, geralmente o que se faz é não realizar nenhum tipo de gesto ou dizer alguma palavra que possa lhe delatar.

Imagem: iStock. Creatista

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: