Crônica - Conceito, o que é, Significado

CronicaA literatura é a arte de contar algo através da linguagem. Há muitos gêneros e formatos dentro da literatura e um deles é a crônica.

A crônica é uma narrativa baseada em aspectos verídicos, onde não há elementos fictícios em seu conteúdo. Normalmente este gênero literário está focado em acontecimentos relacionados à história (aos reis, batalhas, dinastias ou fatos relevantes a um povo). Os episódios relatados são contados em ordem cronológica, de maneira que o leitor possa conhecer a origem dos fatos e seu desenlace final.

A crônica é a testemunha de um autor relacionada a uma realidade que faz parte do seu contexto social e histórico

O cronista traz informação objetiva sobre o tema descrito e, ao mesmo tempo, apresenta um componente criativo e literário. Por este motivo, esse gênero possui dois aspectos: como texto literário por si só e como documento histórico de uma época.

Na tradição literária da língua espanhola ainda existe a figura do cronista, aquele que narra os fatos mais relevantes de uma localidade. Nos municípios menores é conhecido como cronista do povo.

Crônica jornalística

A literatura se encontra presente no jornalismo e a crônica jornalística é um tipo de relato que combina aspectos da crônica tradicional com a realidade jornalística.

A crônica é uma narração vinculada à atualidade. Este tipo de gênero é parecido com a notícia, mesmo havendo algumas diferenças. Enquanto a notícia se inspira na objetividade, a crônica apresenta um componente subjetivo evidente, uma vez que o jornalista oferece sua visão sobre certos acontecimentos. Assim a crônica é mais criativa e literária.

Normalmente o cronista conhece primeiro o conteúdo do relato, por ser testemunha direta do fato ou por ter fontes fiáveis

Outra particularidade deste gênero é a combinação de vários formatos jornalísticos: elementos de reportagem, noticiários e coluna de opinião.

Com um jornal em mãos é possível encontrar crônicas de vários tipos: de acontecimentos, esportivos, políticos ou da sociedade em geral.

Por último, vale a pena recordar que alguns escritores ilustres foram cronistas no sentido jornalístico e literário. Provavelmente, Gabriel Garcia Marquez seja um dos cronistas mais conhecidos e sua obra “Relato de um naufrágio” é um exemplo da fusão entre jornalismo e literatura através da crônica.

Imagem: iStock. agrobacter

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: