Conceito » Religião » Consolar

Consolar - Conceito, o que é, Significado

Consolar é a ação de tranquilizar uma pessoa quando esta se encontra afligida por algum motivo. Pode-se dar consolo a um doente que sofre com alguma dor, a um conhecido que enfrenta uma situação familiar de dificuldade, a um amigo que sofre com algum problema, enfim, a qualquer pessoa que tenha algum problema físico, emocional ou de outra índole.

A ideia de consolar está associada à solidariedade e à empatia. É uma maneira de expressar apoio a alguém, assim como é uma atuação própria de pessoas altruístas e de bom coração.

Do ponto de vista social e cultural, foram criadas instituições e pautas sociais cuja finalidade fundamental é dar consolo de certa forma: algumas ONGs, os voluntários, a amizade, os grupos de autoajuda e serviços sociais. Todos eles têm algo em comum: oferecer alguma forma de ajuda para facilitar o consolo de quem necessita.

A ideia de consolar apresenta alguns aspectos. Desta maneira, uma pessoa pode ajudar a si mesma a superar uma situação adversa e autoconsolar. No mundo da sexualidade, há objetos que servem para proporcionar prazer à própria pessoa (os chamados consoladores). Por outro lado, existem profissionais cuja característica principal consiste em consolar os demais (psicólogo ou sacerdote).

Embora não haja uma única maneira de consolar o próximo, a mais conhecida é escutar o outro e promover uma comunicação orientada de ajuda.

O consolo espiritual

O ser humano não pode evitar o questionamento sobre sua própria existência ou o sentido de sua vida. Ele busca respostas satisfatórias para dar sentido as suas dúvidas. Estas respostas podem ser obtidas através das mais variadas religiões, das quais o homem encontra um consolo de várias maneiras: a ideia de outra vida após a morte que servirá de paz e harmonia com Deus; os ensinamentos de uma doutrina que servem como modelo de vida e os conselhos para enfrentar as situações difíceis. Tudo isso oferece consolo espiritual, uma espécie de paz interior que apazigua a alma.

Embora haja uma forte inclinação para ajudar os mais necessitados e toda uma série de instituições que tratam do caso, nem sempre se consegue o objetivo desejado. Assim, se um sujeito qualquer tem alguma angústia, uma mágoa e não tem ninguém para tranquilizá-lo, significa que ele se encontra desconsolado (por exemplo, o desconsolo pela perda de um filho).

Formas enganosas de consolo

O ser humano tenta ser feliz e para isso busca algum tipo de alívio ou distração que lhe proporcione certo consolo. Nesta busca é possível surgir soluções que facilitem um falso consolo, como mostra o caso das drogas, do álcool, do jogo e de outros vícios que dão a falsa sensação de bem-estar.

Imagem: iStock, Tuned_In

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: