Cérebro - Conceito, o que é, Significado

CerebroTodos os animais tem um órgão que serve para controlar o conjunto das funções vitais: o cérebro. Desta maneira, o cérebro não é apenas uma parte da estrutura corporal de um animal, mas permite organizar todo um contexto: o movimento, a respiração, a digestão, a percepção e o sonho.

A mente humana

Dentro do crânio existe uma massa cerebral formada por dois hemisférios e cada um deles se divide em quatro lóbulos, dos quais se encontram as áreas sensitivas especializadas, assim como as áreas de tipo motor. Cada parte do cérebro trata de uma função: da visão, audição, pensamento lógico, linguagem ou da coordenação dos movimentos. O hemisfério direito regula a parte esquerda do nosso corpo e o hemisfério esquerdo a parte direita.

O cérebro humano compartilha aspectos estruturais com os de outros animais (especialmente os mamíferos), mas seu desenvolvimento evolutivo permite que a inteligência seja mais complexa e sofisticada.

Uma máquina extraordinária

A principal função do cérebro é processar os impulsos elétricos que atravessam os neurônios (as células especializadas deste órgão). Todas as experiências humanas, as ideias, as lembranças e as emoções sentidas são processadas pelo cérebro. Assim, temos uma dimensão física e química do cérebro que paralelamente gera todos os estados mentais.

Desde que o corpo humano se encontra em fase de gestação até o final da vida, o cérebro atravessa por diversas etapas

A partir da sua maturação os neurônios começam a ser destruídos (milhares deles por dia).

O cérebro humano é estudado através de várias disciplinas ou a partir de diferentes perspectivas: pela medicina (especialmente na neurologia); em sua dimensão lógica ou linguística, ou ainda como modelo para elaborar a denominada inteligência artificial.

Nas últimas décadas a compreensão do nosso cérebro tem progredido espetacularmente, mas ainda é um enigma em alguns aspectos. Por exemplo, não conhecemos com precisão tudo o que está relacionado ao sonho, assim como também não podemos explicar algumas anomalias (certas patologias mentais ou mecanismos como o placebo).

O cérebro humano é um grande paradoxo, pois apesar de explicar tudo o que existe a nossa volta, ao mesmo tempo não consegue conhecer a si mesmo plenamente. Alguns cientistas lembram que sua complexidade é maior que a do próprio universo.

Imagem: iStock. Miroslaw Pieprzyk

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: