Censo - Conceito, o que é, Significado

O censo é um sistema que realiza o cálculo ou a contagem dos indivíduos que fazem parte de uma população.

Todos os países têm algum procedimento técnico e administrativo para determinar o número de habitantes, ou seja, existe um controle estatístico da população

Desta maneira, o censo envolve determinada quantidade de pessoas, pois se trata de um estudo quantitativo e não qualitativo. Deve-se destacar que a estatística estabelece uma série de parâmetros e variáveis que são aplicadas à análise social da população: número de habitantes, idade, distribuição geográfica, nacionalidade, etc.

O censo é uma ferramenta estatística que serve para conhecer a realidade de uma população e, consequentemente, para planejar as estratégias de atendimento. Os serviços de uma comunidade dependem do número de habitantes e dos seus dados para abordar todo tipo de questão social ou política.

O conceito censo pode ser aplicado em qualquer setor da população

Na verdade, pode haver um censo de empresários, de estrangeiros, de residentes, de maiores de idade, etc. De qualquer forma, os indivíduos que fazem parte do censo devem ser registrados ou padronizados com antecipação.

A pesar de a noção de censo referir habitualmente a uma população, é possível elaborar também sistemas de recontagem relacionada a entidades, grupos, instituições ou organizações.

O censo eleitoral

Uma pessoa pode exercer seu direito de voto desde que faça parte do censo eleitoral. Cada país estabelece as condições legais e os requisitos necessários para que os indivíduos exerçam seu direito de sufrágio.

Normalmente o cálculo global do censo eleitoral se refere ao número total de eleitores de uma população. Deve-se ressaltar que, de maneira geral, é a partir dos 18 anos que um indivíduo pode participar de uma votação para escolher seus representantes políticos.

O censo eleitoral é uma ferramenta essencial para o funcionamento da democracia. O controle deste sistema serve para garantir os direitos políticos da sociedade. Assim mesmo, os mecanismos de controle aplicados ao censo eleitoral têm como objetivo evitar a fraude nas eleições.

O censo eleitoral precisa incorporar mecanismos de revisão permanente, já que a população envolvida está sujeita a mudanças constantes. O número de eleitores em um território muda periodicamente porque ocorrem óbitos, nascimentos, mudanças de residência, além do acréscimo no número de pessoas maiores de idade.

Imagem: 1.iStock. Christopher Futcher, 2.Fotolia. bobex73

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: