Bancarrota - Conceito, o que é, Significado

BancarrotaO termo bancarrota expressa a falência econômica que afeta um indivíduo, assim como uma empresa ou inclusive uma nação. A origem desta palavra é bastante curiosa já que provém da expressão italiana “banca rotta”, um conceito surgido no século XVI devido ao costume dos banqueiros em quebrar o banco simbolizando a falência e a saída da ação do negócio. Em seguida vamos apresentar uma ideia esquemática da expressão bancarrota em relação aos três tipos mencionados.

A falência econômica no campo pessoal

Uma pessoa ou uma família se encontra em bancarrota quando não podem cumprir com suas obrigações financeiras com normalidade. Esta circunstância pode ocorrer por falta de renda, benefícios, dívidas ou simplesmente por má gestão financeira. De qualquer forma, as despesas são superiores aos benefícios e nesta conjuntura é possível juridicamente a determinação da bancarrota de uma pessoa; sabendo que isso se encontra regulamentado pela legislação de cada país.

A principal consequência é a falta de habilitação para administrar os próprios bens e normalmente esses credores em falência têm que renunciar para poder recuperar o dinheiro novamente.

A quebra de uma empresa

Uma empresa pode declarar-se em bancarrota devido à má gestão financeira que se encontra ou pelas causas relacionadas com a situação do mercado. A finalidade desta declaração é evitar o pagamento de dívidas aos credores durante determinado tempo estabelecido pela lei. Esta situação apresenta uma série de vantagens e desvantagens à empresa. A principal vantagem é a possibilidade de organizar novamente as finanças da entidade, embora também seja útil impedir a hipotética demanda de um credor. Em relação às desvantagens, existem várias aspectos: há uma série de despesas associadas, assim como pode afetar as possibilidades de crédito no futuro.

Os especialistas em finanças recomendam evitar a declaração de bancarrota e buscar novas alternativas, por exemplo, uma nova negociação das dívidas.

A quebra de uma nação

Um país se declara em bancarrota quando não pode pagar os juros de suas dívidas e quando nenhuma entidade está disposta a lhe emprestar dinheiro. Isto provoca a falta de liquidez e impede assumir suas responsabilidades (pagamento de salários, de pensões e o desaparecimento dos serviços públicos básicos). A ruína financeira de uma nação é um fenômeno que ocorreu na história recente de países como Ucrânia, Argentina, Paquistão, entre outros.

A crise econômica costuma acarretar consequências devastadoras para a economia de um país:

- A necessidade de recorrer ao resgate econômico de investidores estrangeiros ou de alguma instituição;

- Normalmente ocorre um notável aumento da inflação;

- Há uma diminuição de investimentos, falta de crédito e, definitivamente, uma instabilidade financeira que afeta o conjunto da atividade econômica.

Imagem: iStock. g-miner

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: