Conceito » Saúde » Azoospermia

Azoospermia - Conceito, o que é, Significado

A azoospermia é uma condição pela qual não se observa espermatozoides no processo de ejaculação, constituindo uma causa importante de infertilidade masculina de acordo com o caso.

Obedece a duas causas fundamentais. Por um lado, existe uma alteração na produção dos espermatozoides conhecido como azoospermia secretora; por outro lado, mesmo com a produção normal de espermatozoides existe uma alteração nos condutos que levam o sêmen até a uretra, chamada de azoospermia obstrutiva.

Há uma variedade de causas que levam ao surgimento da azoospermia, inclusive é possível que esta condição seja intermitente, ou seja, que em algumas ejaculações o sêmen careça de espermatozoides enquanto que em outras o conteúdo espermático é normal e inclusive elevado.

Existem também situações em que a azoospermia é reversível e isso ocorre como consequência de uma situação transitória, como o uso de alguns medicamentos e tratamentos como radio ou quimioterapia, inclusive pelo curso de infecções que acompanham febre muito alta.

Azoospermia por falhas na produção de espermatozoides

Este tipo de azoospermia se deve a uma grande quantidade de causas que levam a não produção de espermatozoides no testículo.

Estas causas trazem transtornos como algumas falhas genéticas que incluem a síndrome de Klinefelter, que mesmo com seu aspecto exterior sendo masculino, geneticamente o indivíduo não é XY, mas possui variantes cromossômicas como XXY que afetam sua produção de testosterona. Outra causa genética são alterações do cromossomo Y.

Também é possível que a azoospermia seja devida à falta de desenvolvimento dos testículos e inclusive sua ausência, ou então, pelo fato de se lesionar e deixar de funcionar por traumatismos, alterações da circulação como no caso de uma torção testicular ou como sequela de infecções que produzem inflamação testicular conhecido como orquite.

Azoospermia obstrutiva

Neste tipo de azoospermia a produção de espermatozoides é normal, entretanto afeta uma via que seguem os espermatozoides desde o testículo até a uretra para sua eliminação, conhecida como via seminal.

Também é possível que afete a liberação de espermatozoides em situações que atingem a ejaculação, como ocorre com a existência de lesões na medula espinhal ou em condições que há ejaculação retrograda na qual o sêmen não sai ao exterior e fica na bexiga, fenômeno relacionado a certos distúrbios como a diabete.

Tratamento da azoospermia

Muitas vezes a causa da azoospermia não tem tratamento, entretanto existem procedimentos tanto médicos como cirúrgicos que permitem que estes homens possam ter filhos genéticos sadios, especialmente quando se trata de uma azoospermia obstrutiva que obtém espermatozoides do testículo e inclusive os congela para ser usado depois num procedimento de inseminação.

Imagem: Fotolia. WavebreakMediaMicro

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: