Conceito » Direito » Arbitrário

Arbitrário - Conceito, o que é, Significado

As decisões tomadas podem ter dois tipos de avaliações: ser justas ou injustas. Uma decisão é justa quando é equilibrada e se baseia por algum critério equitativo ou proporcional. Em contrapartida, se temos uma decisão sem nenhum critério de equidade e pensamos exclusivamente em nossos interesses particulares, significa que estamos diante de um comportamento arbitrário. Desta forma, arbitrário é sinônimo de injusto.

Arbitrário é um termo claramente pejorativo, pois é um adjetivo que desvaloriza uma pessoa. Agir arbitrariamente pode ocasionar uma atitude egoísta, que não tem a noção do que é certo ou errado, ou então, de tornar uma pessoa sem valores morais.

Uma acusação de arbitrariedade geralmente é aplicada em pessoas que deveriam agir corretamente, respeitando as leis da justiça

Vamos pensar em um juiz, este é responsável por avaliar uma conduta e dar o veredito final sobre a mesma. A lei lhe obriga ser imparcial, deve respeitar o estabelecido pela legislação e, ao mesmo tempo, não se importar com o prejuízo que pode causar ao réu. Sua atitude deve ser oposta à arbitrariedade. Algo parecido ocorre em outras atividades (como um professor, um árbitro de futebol ou um policial) em que há normas, critérios e regras a serem seguidas e obedecidas suas decisões.

Uma conduta pode ser arbitraria de duas formas: consciente ou inconscientemente. No primeiro caso, trata-se de uma atitude injusta e deliberada. Já no caso de ser inconsciente, existem aqueles que agem injustamente sem saber o que fazem, mas que se deixam levar por um preconceito ou por uma razão irracional, portanto, isso é algo que vem do inconsciente.

Ao considerar que um indivíduo agiu de forma arbitrária há uma valorização moral

Assim, supõe-se que quando uma pessoa desrespeita a outra é acusada de arbitrariedade, pelo fato do acusador ter um critério não arbitrário e justo, oposto a quem se comporta de maneira arbitrária.

Ha vários contextos da linguagem que empregam o conceito arbitrário

Quando uma pessoa abusa da sua autoridade (um chefe, um ditador ou qualquer pessoa que detém o poder). Utiliza-se também para indicar a ilegalidade de certas atitudes. Quando há um comportamento caprichoso sem nenhuma justificativa, pode-se considerar uma atitude arbitrária.

Em qualquer aspecto ou contexto, quando uma postura é arbitrária não comunica objetividade. Consequentemente, se afirmamos algo com arbitrariedade, aquilo que dizemos perde valor e se torna pouco interessante.

Por último, deve-se destacar que arbitrário é um termo diferente, pois se refere a uma decisão firmada por várias pessoas, neste sentido, não há uma conotação negativa.

Imagem: iStock. EdStock

Relacionados:

  1. Parcialidade
  2. Bom Juízo
  3. Equitativo
  4. Equidade
  5. Valores Éticos: Relativos e Absolutos
  6. Heteronomia
  7. Benefício da Dúvida
  8. Neutro
  9. Delatar
  10. Desobediência Civil