Agressividade - Conceito, o que é, Significado

AgressividadeA agressividade é uma atitude que tende à violência. Trata-se de um comportamento humano, já que não é certo falar de violência ou agressividade nos animais, pois estes agem de maneira instintiva e através de um padrão fixo de comportamento.

A pessoa que geralmente tem esta atitude é alguém agressivo. Podemos apresentar uma série de características próprias que descrevem este tipo de comportamento: linguagem energética e depreciativa, gestos ameaçadores e desafiantes, falta de respeito com os demais, intolerância e irritabilidade, enfim, um padrão oposto do respeito ao próximo.

O comportamento agressivo pode ser analisado através de dois ângulos: do psicológico e social

Os estudiosos em comportamento tentam entender como e por que existe a agressividade. Para alguns se trata de um elemento instintivo do ser humano. Para outros, é algo que adquirimos a partir de um modelo social. Não há conclusões definitivas que possam explicar as causas da agressividade, embora haja acordo no fato de considerar problemático este comportamento. Neste sentido, a agressividade tem um componente patológico que inclusive pode estar associado a um transtorno da personalidade.

Ao analisar a agressividade do ponto de vista social, esta se apresenta também como um problema

São vários os contextos de comportamentos agressivos: o bullyng escolar; por parte de grupos radicais; em algumas atividades esportivas; em relação a áreas perigosas, entre outras. A agressividade se enquadra dentro de qualquer âmbito humano e em algumas variáveis, desde um nível moderado até sua expressão máxima: a guerra. Em todo caso, a agressividade expressa sempre uma dose de violência.

Além da agressividade, há várias disciplinas acadêmicas que, tanto de forma direta ou indireta, tratam desta atitude: a criminologia, que estuda o perfil agressivo dos crimes; o direito, que aplica as sanções jurídicas; e a sociologia que avalia as manifestações violentas da sociedade.

Existem algumas questões ideológicas ou religiosas que de maneira explícita se opõem à agressividade: o budismo, o movimento religioso protestante e o pacifismo. Todos eles defendem posturas não violentas de forma radical, já que são conscientes de que a mínima tolerância com a agressividade é potencialmente perigosa.

Imagem: iStock. AzmanL

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: