Acupuntura - Conceito, o que é, Significado

AcupunturaA medicina é a disciplina que cura as doenças. É um conhecimento com diversos ramos e que depende da parte do corpo que se pretende curar. Cada cultura tem sua própria tradição médica. E a acupuntura é uma técnica de cura pertencente à cultura asiática, especialmente da China.

A acupuntura entende o corpo humano como uma totalidade e cada uma de suas partes estão conectadas através de meridianos distribuídos em pontos específicos. A técnica de cura através da acupuntura se baseia no uso de pequenas agulhas que são implantadas em pontos estratégicos do corpo humano. O conceito de doença na medicina chinesa é diferente da ideia ocidental. Desde o início da acupuntura, considera-se que a aplicação correta das agulhas serve para o organismo voltar a seu equilíbrio natural. Para realizar um diagnóstico prévio, o acupuntor observa algumas partes do corpo e vê o pulso em áreas essenciais. Em seguida são distribuídas as agulhas ou moxas (tipo de cone que esquenta e tem a mesma função das agulhas).

A acupuntura pode ser aplicada no tratamento de várias doenças, embora seja recomendada apenas para tirar a dor e recuperar a energia vital do corpo humano.

A acupuntura é uma técnica milenar difundida no mundo inteiro. Entretanto, é um método polêmico, uma vez que alguns especialistas consideram que não há um valor científico. Por outro lado, os críticos desta técnica se baseiam no efeito placebo, ou seja, o paciente se convence de sua própria cura.

Em relação a essa polêmica, a Organização Mundial de Saúde reconheceu os benefícios desta técnica para o tratamento de algumas doenças. A medicina tradicional chinesa, mais especificamente a acupuntura, recebe influências de sua tradição cultural (o taoismo e o budismo). O corpo humano não é como uma máquina com peças que se pode consertar, e sim um organismo com energia interna que por sua vez está conectado com a natureza.

A medicina tradicional ocidental tem incorporado lentamente a acupuntura, uma vez que há estudos que acreditam em sua utilidade. Por outro lado, não tem efeitos secundários prejudiciais. De qualquer forma, as autoridades sanitárias recomendam que os pacientes se certifiquem da procedência dos médicos que praticam esta disciplina.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: