Vinheta - Conceito, o que é, Significado

O quadro que um desenho aparece um uma história é conhecida vinheta. Assim, a vinheta é um formato de narrativa gráfica que combina dois elementos: a representação de um desenho e um texto explicativo. A pessoa que realiza este tipo de criação é conhecida como cartunista, mas outros termos também são utilizados como um artista gráfico, caricaturista ou ilustrador.

Em relação à origem do termo, devemos situá-lo na Idade Média, na França. Até então, os copistas ou amanuenses decoram algumas páginas dos livros com desenhos de cachos e vimes, este elemento ornamental era conhecido pela palavra vignette, que significa vinheta.

As histórias contadas neste formato apresentam duas possibilidades:

1) um desenhista que ao mesmo tempo é o narrador de uma história;

2) um desenhista e um narrador por separado realizam um trabalho criativo em conjunto.

De qualquer forma, a vinheta está situada na tradição jornalística, assim como na cultura dos quadrinhos.

No humor gráfico

Na maioria dos jornais existe ao menos uma sessão dedicada ao humor gráfico. O criador apresenta numa vinheta uma pequena história relacionada com a atualidade. Seu conteúdo não deve ser necessariamente humorístico, mas normalmente há um elemento de ironia e crítica social. Trata-se de um formato dirigido ao público adulto com a intenção de oferecer um ponto de vista atípico da realidade.

As vinhetas do humor gráfico podem outras abordagens. Assim, algumas delas são dirigidas ao público infantil, outras têm um conteúdo picante ou estão relacionadas ao esporte. Independentemente de sua temática, as vinhetas jornalísticas podem ser apresentadas em uma única ilustração ou também em várias, neste último caso são chamadas de tiras.

A cultura dos quadrinhos

Os quadrinhos têm dois antecedentes históricos. Desde a antiguidade já havia ilustrações que contavam pequenas historias, os hieroglíficos egípcios. No mundo medieval também há outro precedente, os retábulos medievais. Tanto um como outro podem ser entendidos como as primeiras vinhetas.

A partir do século XVIII, iniciou-se a tradição da imprensa escrita, da qual foram incorporados desenhos para contar histórias sobre a realidade. No século XX, surgiu na Europa e na América uma nova publicação, os quadrinhos. O termo inicialmente utilizado foi o comic strip e como o passar do tempo se tornou um fenômeno de massa.

Originariamente, estas publicações foram destinadas ao público infantil e juvenil, abordando histórias de super-heróis, mas aos poucos começou a aparecer em publicações para todas as idades e com vários temas (político, social, erótico, etc.). Embora o conteúdo dos quadrinhos possa ser analisado a partir de qualquer tipo de perspectiva, há um elemento que continua vigente mantido, o uso da vinheta.

Imagem: Fotolia. Alexandr Sidorov

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: